PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos espera estrangeiro antes de "bater o martelo" com Zé Ricardo

Zé Ricardo é o preferido do diretor Ricardo Gomes para a vaga de Jair Ventura - AFP PHOTO / MAURO PIMENTEL
Zé Ricardo é o preferido do diretor Ricardo Gomes para a vaga de Jair Ventura Imagem: AFP PHOTO / MAURO PIMENTEL

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

27/07/2018 04h00

O Santos espera definir a contratação de seu novo treinador nesta sexta-feira. O UOL Esporte apurou que o diretor executivo do clube, Ricardo Gomes, aguarda a resposta de um dos estrangeiros com quem abriu negociação, Juan Carlos Osorio e Jorge Sampaoli, antes de “bater o martelo” com Zé Ricardo.

Ricardo Gomes, na verdade, já estava decidido por Zé Ricardo, mas negocia com os nomes de fora por conta de pedidos do Comitê Gestor e até do presidente José Carlos Peres, que demonstra indecisão na escolha do substituto de Jair Ventura.

Caso os estrangeiros recusem a proposta santista, Ricardo Gomes apresentará o nome de Zé Ricardo para ser votado no Comitê Gestor. Dorival Júnior vai como uma espécie de plano B, mas com menos chances de acerto pois cobra pouco mais de R$ 2 milhões do Santos na Justiça.

Ricardo Gomes já enfrentou a rejeição da cúpula santista por Zé Ricardo, mas convenceu muitos deles em reunião na última quarta-feira, quando apresentou os números com o desempenho do treinador no comando do Flamengo entre 2016 e 2017. No clube rubro-negro, ele conquistou o Campeonato Carioca de 2017. Foram 89 partidas, sendo 47 vitórias, 25 empates e 17 derrotas, aproveitamento de 62,2%.

O maior opositor a Zé Ricardo é o vice-presidente do Santos, Orlando Rollo, que considera trocar “seis por meia dúzia” a contratação do ex-técnico de Flamengo e Vasco para o lugar de Jair. Ventura. Para ele, o momento não é de fazer apostas.

Rollo alega que prefere um técnico com histórico vencedor, como Vanderlei Luxemburgo, e acredita até que Sérgio Guedes e Paulinho Maclaren são apostas melhores do que Zé Ricardo, por causa da identificação que possuem com o alvinegro praiano - os dois foram jogadores do clube na década de 1990.

Ricardo Gomes espera definir tudo nesta sexta-feira. Em seguida, ele entrega o nome a José Carlos Peres, que terá a responsabilidade de informar os integrantes do Comitê Gestor. Não haverá reunião. Os contatos serão por telefone, pois há membros que estão viajando, inclusive fora do país.

A indefinição em busca do substituto de Jair Ventura gera bastante preocupação no elenco santista. O Santos tem decisão contra o Cruzeiro na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Antes disso, o time paulista encara o América-MG, às 19h (de Brasília), neste domingo, na Vila Belmiro, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Futebol