PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Reforço corintiano precisa de um mês para jogar; Romero ajuda na adaptação

Sergio Díaz desembarcou no Brasil na manhã desta quinta-feira e foi submetido a exames médicos - Divulgação/Real Madrid Castilla
Sergio Díaz desembarcou no Brasil na manhã desta quinta-feira e foi submetido a exames médicos Imagem: Divulgação/Real Madrid Castilla

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

27/07/2018 04h00

Em fase final de tratamento de uma lesão grave sofrida em novembro do ano passado, o atacante paraguaio Sergio Díaz será integrado aos poucos à rotina de treinamentos do Corinthians. Acertado por empréstimo de um ano e meio do Real Madrid, o jogador de 20 anos rompeu o ligamento cruzado e o menisco do joelho direito em partida da segunda divisão do Campeonato Espanhol e ainda precisa de uma carga de trabalhos físicos e principalmente a parte técnica para ficar à disposição do técnico Osmar Loss. Não há data prevista de estreia, mas será necessário ao menos um mês de trabalhos complementares.

Sergio Díaz será o 17º reforço do Corinthians nesta temporada e pode fazer mais de uma função ofensiva: frequentemente escalado como ponta em suas passagens por Cerro Porteño, Real Madrid B e Club Deportivo Lugo, ele também tem afinidade com a função de centroavante e pode atuar como meia. Essa versatilidade é observada pelo Corinthians desde as categorias de base no Paraguai.

Foi nessa época, aliás, que o novo reforço corintiano teve contato com uma figura já conhecida no Parque São Jorge: Ángel Romero. O maior artilheiro da Arena Corinthians também é revelado no Cerro e conviveu por alguns meses com Díaz no Paraguai.

Romero, atacante do Corinthians - Luis Moura/WPP/Estadão Conteúdo - Luis Moura/WPP/Estadão Conteúdo
Romero é o terceiro artilheiro do Corinthians nesta temporada e referência do elenco
Imagem: Luis Moura/WPP/Estadão Conteúdo

No ano em que foi negociado com o Corinthians, em 2014, a promessa estava sendo promovida ao elenco profissional, com 16 anos de idade. Ambos treinaram lado a lado, mas não chegaram a jogar juntos. Foi a saída de Romero, inclusive, que abriu espaço para Díaz jogar. Foram 70 partidas em dois anos e 16 gols marcados, um deles contra o Corinthians na Libertadores de 2016.

Mesmo antes da chegada de Díaz ao Brasil, Romero já trabalhou para ambientar o compatriota ao novo clube. "Liguei para ele quando escutei que estava fechada a negociação. Ele estava na Espanha ainda, falei que qualquer coisa que precisar estou aqui. Ele está contente de vir para um clube como o Corinthians e vou ajudá-lo a se adaptar o mais rápido possível para ajudar o time", afirmou Romero, que vive sua quinta temporada no Corinthians.

Sergio Díaz é jogador do Real Madrid há duas temporadas, comprado por 5 milhões de euros (R$ 18 milhões na cotação da época) do Cerro Porteño. Ele jogou só um amistoso pelo time profissional, sendo repassado ao time B, à base e ao Lugo, em empréstimo que não rendeu sequência de jogos justamente por causa da lesão. O Corinthians venceu concorrência com o Huracán, da Argentina, para contratá-lo, e pagará os salários integralmente até o fim de 2019.

Futebol