PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio não dá elenco como fechado e monitora mercado por reforços

Grêmio de Renato Gaúcho ainda pode buscar contratações para jogar mata-mata - Lucas Uebel/Grêmio
Grêmio de Renato Gaúcho ainda pode buscar contratações para jogar mata-mata Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

27/07/2018 04h00

A lista de reforços do Grêmio em 2018 pode não terminar em Juninho Capixaba, emprestado pelo Corinthians. O clube gaúcho afirma que ainda observa o mercado e pode fechar negócio para aumentar as opções de olho na Copa do Brasil e Libertadores.

Os dirigentes não revelam as posições que podem ser reforçadas, mas a busca segue atrás de negócios de ocasião. Transferências de maior investimento não devem ocorrer.

"O Grêmio está monitorando e vamos ver. O prazo na Copa do Brasil é dia 30 (segunda-feira) e estamos trabalhando forte para ver se podemos reforçar o elenco", disse Alberto Guerra, vice de futebol do Grêmio.

Internamente, o Grêmio ainda entende que há espaço para chegada de um quinto zagueiro. O nome, contudo, não foi encontrado. Ao mesmo tempo, ocorreu debate sobre a situação da lateral direita. Léo Moura, titular, convive com desgaste muscular ao longo de todo ano. Léo Gomes e Madson são os suplentes, mas com atuações irregulares.

Do meio para frente, a ideia é de lista fechada. A contratação de Marinho atende pedido para ter opção com bom drible e velocidade. Além dele, Jean Pyerre foi promovido e amplia as alternativas do meio-campo - sendo concorrente para função de volante e meia.

O Grêmio enfrenta o Flamengo, nas quartas de final da Copa do Brasil, e o Estudiantes-ARG, nas oitavas de final da Libertadores. O duelo com o rubro-negro começa na próxima quarta-feira e não há lista de inscrição. O torneio usa o BID (Boletim Informativo Diário) da CBF como base para escalação. Já na Conmebol é preciso alterar a relação de 30 nomes enviada antes da fase de grupos. O clube gaúcho já tem três trocas definidas e estuda as outras duas.

Futebol