PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-PR ironiza punição do STJD e compara a valor de multa de trânsito

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

27/07/2018 11h45

Com um vídeo postado nas redes sociais, o Atlético-PR ironizou a multa de R$ 50 mil aplicada última quinta-feira (26) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por uma ação de combate ao uso de celular no trânsito realizada pelo clube durante um jogo do Campeonato Brasileiro de 2018. O goleiro Santos, que protagonizou a cena, também foi suspenso por uma partida.

No vídeo, o clube traça um paralelo entre a punição aplicada pelo STJD e a prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro. “Celular ao volante, 45 mil vidas perdidas por ano, R$ 293,47 de multa e 7 pontos na carteira. Celular em campo, ajuda a salvar vidas, R$ 50 mil de multa e o goleiro suspenso. É, o Brasil e o futebol precisam mudar. A gente faz a nossa parte”, diz as legendas do vídeo divulgado pelo Alético-PR.

No duelo contra o Atlético-MG, no dia 13 de maio, Santos protagonizou uma campanha de marketing sem a autorização da CBF, entidade organizadora da competição.  O goleiro entrou em campo com um telefone celular e utilizou rapidamente o aparelho antes do início do jogo. A ação era parte de uma campanha de conscientização da segurança no trânsito, organizada pelo clube paranaense e pelo Uber.

O Pleno do STJD, no entanto, avaliou o caso e multou o Atlético-PR em R$ 50 mil por infração ao artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (“deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento de regulamento, geral ou especial, de competição”). Santos ainda pegou um jogo de suspensão por infração ao artigo 258 do CBJD (“assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código”).

Futebol