PUBLICIDADE
Topo

Futebol

STJD multa Atlético-PR e suspende goleiro por ação com celular em campo

Santos usou aparelho antes de jogo contra Atlético-MG - Reprodução/TV UOL
Santos usou aparelho antes de jogo contra Atlético-MG Imagem: Reprodução/TV UOL

Do UOL, em São Paulo

26/07/2018 16h42

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) multou nesta quinta-feira o Atlético-PR por conta da ação do goleiro Santos na partida diante do Atlético-MG, em 13 de maio, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2018. Jogando na Arena da Baixada, o time mineiro venceu por 2 a 1.

Na ocasião, Santos protagonizou uma campanha de marketing sem a autorização da CBF, entidade organizadora da competição. O goleiro entrou em campo com um telefone celular e utilizou rapidamente o aparelho antes do início do jogo. A ação era parte de uma campanha de conscientização da segurança no trânsito, organizada pelo clube paranaense e pelo Uber.

Ainda assim, a iniciativa não repercutiu positivamente junto às autoridades desportivas. No julgamento desta quinta-feira, o Pleno do STJD multou o Atlético-PR em R$ 50 mil por infração ao artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (“deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento de regulamento, geral ou especial, de competição”). Santos ainda pegou um jogo de suspensão por infração ao artigo 258 do CBJD (“assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código”).

Em decisão inicial da Quinta Comissão Disciplinar, o Atlético-PR havia sido advertido, enquanto Santos foi absolvido. A Procuradoria, no entanto, recorreu ao Pleno. Desta forma, não cabe recurso mediante a decisão desta quinta-feira.

Na defesa do Atlético-PR, o advogado Marcelo Mendes afirmou que “a infração do clube é a comunicação ou não para a CBF”. “Não há notícia da CBF vetando essa campanha (...). A campanha teve relevância e repercussão justamente pela postura do clube em não divulgar. Esse é o contexto do que estava em jogo e o que se buscava atingir. A advertência foi aplicada por entenderem que o clube infringiu uma regra, mas que diante do contexto e da fata de gravidade valia a pena mínima”, disse.

Diante da punição, o goleiro não deverá atuar diante do Vitória no fim de semana, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time é o atual 19º colocado, com 10 pontos em 14 jogos.

Futebol