PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Aceito as desculpas do Barça se nos venderem Messi, diz presidente da Roma

Paolo Bruno/Getty Images
Imagem: Paolo Bruno/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/07/2018 13h13

A Roma vai demorar um pouco para superar o 'chapéu' dado pelo Barcelona na contratação de Malcom. O presidente do clube, James Pallotta, disse nesta quinta-feira (26) que só perdoará os catalães por atravessarem o pré-acordo anunciado com o Bordeaux caso eles aceitem negociar Lionel Messi.

"Ontem, o Barcelona nos ligou para pedir desculpas por Malcom mas não aceito, a não ser que eles nos vendam o Messi", disse em entrevista à rádio norte-americana Sirius XM.

O mandatário do clube italiano fez duras críticas ao Barcelona e crê que o Bordeaux irá responder na Justiça. "Barcelona interveio de forma antiética. De manhã Monchi fez vídeo-conferência com o agente, o negócio foi feito temos provas. Parece que o Bordeaux será chamado para depor."

"O jogador de futebol queria jogar, com o Everton e o Leicester apenas conversas formais, já havíamos concordado em uma cláusula de 120 milhões de euros. Todo mundo sabe como as coisas funcionam, talvez o agente dele (Fernando Garcia) seja apenas um idiota", disparou.

Entretanto, Pallotta descartou a possibilidade de cortar relações com o clube catalão. "As relações não estão fechadas com o Barcelona. Eles são maiores que nós, faremos acordos com eles no futuro".

Futebol