PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio abre conversa para renovar com Kannemann após oferta da Itália

Aos 27 anos, argentino está no Grêmio desde 2016 e renovou contrato em dezembro - Lucas Uebel/Grêmio
Aos 27 anos, argentino está no Grêmio desde 2016 e renovou contrato em dezembro Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

26/07/2018 10h23

Horas após recusar proposta oficial do Cagliari por Walter Kannemann, o Grêmio fez mais. Os dirigentes do clube gaúcho abriram conversa para renovar contrato e, consequentemente, aumentar o salário do zagueiro. As tratativas ocorrem para afastar o assédio italiano.

Kannemann renovou com o Grêmio em dezembro e tem vínculo até 2020.

A ideia do Grêmio é valorizar ainda mais o argentino, que recebeu proposta do Cagliari e antes tinha sido sondado por agentes se anunciando como representantes de clubes da Espanha, Rússia e Turquia. Atualmente, Kannemann não aparece entre os maiores salários do grupo de jogadores do elenco.

O Cagliari ofertou cerca de 3 milhões de euros (R$ 13 milhões na cotação atual) ao Grêmio para levar Kannemann. O clube gaúcho detém 90% dos direitos do zagueiro e disse 'não'.

Um fator que facilita a negociação para novo contrato é a presença de Martin Wainbuch, empresário de Kannemann, em Porto Alegre. As partes dialogam sobre os termos de uma extensão, entre eles o tempo do vínculo.

Wainbuch foi comunicado da oferta do Cagliari pelo Grêmio e também ouviu que o clube gaúcho não tem interesse em se desfazer do atleta. A resposta dos dirigentes gremistas foi repassada diretamente aos diretores italianos.

Aos olhos do Cagliari, Kannemann é um jogador pronto e por isso o interesse segue mesmo após a negativa. A diretoria do clube da Sardenha cogita apresentar nova oferta ao Grêmio nos próximos dias, no entanto a posição na Arena é firme.

No Grêmio desde 2016, Walter Kannemann passou por San Lorenzo e Atlas-MEX antes de se tornar peça-chave no time de Renato Gaúcho.

Futebol