PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cúpula do Palmeiras vê manobra política do COF em reprovação de contas

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

25/07/2018 04h00

Pessoas próximas à diretoria do Palmeiras consideram que a reprovação das contas de janeiro e fevereiro no COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) são uma manobra política do grupo comandado por Mustafá Contursi, maioria no órgão. Mustafá é adversário político de Leila Pereira, da Crefisa. Os dirigentes alviverdes preparam o contra-ataque e afirmam que as contas foram aprovadas por auditoria externa independente. Os cartolas ainda dizem que as estimativas financeiras até junho, ainda não analisadas, irão apontar um lucro acumulado no ano de R$ 40 milhões.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Futebol