PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Treino aberto no Chile acaba em tiroteio e três torcedores são baleados

Ataque aconteceu na saída do centro de treinamentos da Universidad de Chile (foto) - Universidad de Chile/Divulgação
Ataque aconteceu na saída do centro de treinamentos da Universidad de Chile (foto) Imagem: Universidad de Chile/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

24/07/2018 16h43

Um tiroteio marcou um treino da Universidad de Chile aberto a torcedores nesta terça-feira, no Centro Deportivo Azul (CDA), localizado em La Cisterna, cidade na região metropolitana de Santiago. Os tiros foram disparados do lado de fora do local, já após o fim das atividades.

Informações iniciais de agentes de segurança pública ao site do jornal Publimetro dão conta de três feridos no incidente. Todos foram atendidos pelo departamento médico de La U.

De acordo com registros da imprensa chilena, um carro cinza passou do lado de fora do CDA e disparou quatro vezes contra torcedores que deixavam o recinto. O grupo que passava pelo portão então tentou, aos gritos, entrar novamente nas instalações.

“Os três rapazes feridos estavam em macas de nossa clínica e confirmaram a situação”, afirmou o goleiro Johnny Herrera, capitão da equipe, segundo a versão online do jornal El Mercurio. “É triste. Tomara que tudo se resolva, porque não é o que o torcedor de futebol merece”, completou.

Ainda não há suspeitos, mas uma investigação preliminar aponta para um ajuste de contas por parte de torcedores do Colo Colo por uma faixa que teria sido roubada por torcedores da Universidad de Chile. “Felizmente, não temos que lamentar o risco de nenhuma morte. Neste momento, as pessoas estão sendo atendidas”, disse o major Miguel Calderón, responsável pela atuação policial no local.

Um carro de serviço da FOX Sports no local foi atacado, mas não há detalhes a respeito. Além disso, jogadores do próprio clube foram isolados no estacionamento do centro de treinamentos à espera de um aval de policiais para que deixassem o local.

Futebol