PUBLICIDADE
Topo

Auxiliar da Nigéria na Copa é acusado de receber propina de empresários

Salisu Yusuf  (de camisa branca) integrou a comissão técnica de Gernot Rohr (camisa escura) da Nigéria - AP
Salisu Yusuf (de camisa branca) integrou a comissão técnica de Gernot Rohr (camisa escura) da Nigéria Imagem: AP

Do UOL, em São Paulo

24/07/2018 09h57

O auxiliar técnico da Nigéria na Copa do Mundo, Salisu Yusuf, é acusado de receber US$ 1 mil (R$ 3,7 mil) de dois empresários para que fossem convocados dois atletas para a WAFU Copa das Nações, realizada em setembro do ano passado. A BBC apresentou um vídeo em que aparece supostamente recebendo o valor da propina.

Auxiliar técnico no Mundial da Rússia, Yusuf era o treinador da seleção na WAFU Copa das Nações 2017, que teve a Nigéria como vice-campeã.

O vídeo é de setembro de 2017. Conforme apresentou a BBC, o auxiliar técnico ganharia um bônus caso os dois atletas (que não tiveram nomes revelados) fossem confirmados no elenco da Nigéria para o torneio.

Assistente no Mundial da Rússia, Yusuf é cotado a treinar a Nigéria na Olimpíadas de 2020.

Yusuf admitiu o encontro com empresários, mas negou que tivesse recebido propina. Ele disse ter recebido um presente simbólico, que em nada teria ligação com esquema para convocação de jogadores.

Futebol