PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG dá prazo para clube árabe concretizar negociação por Cazares

Cazares não joga pelo Atlético-MG desde a primeira quinzena de junho - Marlon Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo
Cazares não joga pelo Atlético-MG desde a primeira quinzena de junho Imagem: Marlon Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

24/07/2018 15h32

Sem atuar pelo Atlético-MG desde o triunfo por 2 a 1 sobre o Ceará, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o meia Cazares ficou fora das últimas duas partidas da equipe mineira por negociar uma transferência com o Shabab Al Ahli Dubai Club, dos Emirados Árabes. No entanto, a saída que parecia algo iminente, pode não acontecer mais.

A negociação se arrasta desde o fim de junho, motivo pelo qual o jogador equatoriano sequer tem participado de algumas atividades com os demais jogadores. Por isso, o Atlético deu mais 24 horas para que a equipe árabe assine o contrato de acordo com o que foi acertado alguns dias atrás. Caso o Shabab Al Ahli Dubai Club não confirme a contratação do jogador nesta quarta-feira (25), Cazares ficará novamente à disposição do técnico Thiago Larghi.

“Só queria esclarecer uma situação que está tendo um pouquinho de controvérsia, a situação do Cazares. A proposta foi aceita por nós, encaminhamos o contrato, mas o time não está realizando a assinatura do contrato. Aguardamos até amanhã. Se não acontecer, Cazares vai ser reintegrado normalmente. Na demora do pessoal do clube, nós notificamos e estamos aguardando a definição até amanhã”, explicou Alexandre Gallo, diretor de futebol do Atlético.

A oferta que o clube mineiro aceitou é bastante semelhante ao negócio que tirou Otero da Cidade do Galo. Assim como o venezuelano, Cazares seria emprestado por um ano e depois seria comprado pelo Shabab Al Ahli Dubai Club. Os valores da negociação não foram divulgados.

Cazares está no Atlético desde janeiro de 2016. Em pouco mais de dois anos de clube o equatoriano já tem alguns números marcantes, como 132 partidas e 24 gols, o que faz dele um dos estrangeiros com mais partidas e mais gols pelo Galo. O contrato do jogador com o Atlético vai até dezembro de 2020.

Futebol