PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Militão treina com titulares em abertura de semana decisiva no São Paulo

Militão se reapresentou nesta segunda-feira - Marcello Zambrana/AGIF
Militão se reapresentou nesta segunda-feira Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

23/07/2018 12h51

Em semana decisiva para o seu futuro, Militão se reapresentou e trabalhou com os titulares do São Paulo. Ao lados dos colegas que ganharam do Corinthians por 3 a 1 no último sábado, ele fez o trabalho regenerativo, nesta segunda-feira (23), no CT da Barra Funda. Os demais atletas foram para o gramado e treinaram com bola.

Militão está na mira do Porto. O lateral-direito tem contrato com o São Paulo só janeiro de 2019 e, portanto, pode assinar pré-contrato com qualquer clube sem que o Tricolor receba qualquer recompensa financeira. No entanto, os portugueses teriam feito uma oferta de 4 milhões de euros para que o ala fosse liberado já nesta janela de transferência. Na última semana, o pai do jogador, Valdo, até chegou a declarar para o jornal português "A Bola" que o filho disputaria a sua última partida pelo São Paulo contra o Corinthians.

O São Paulo, a princípio, não tem a intenção de fechar o negócio. O clube até tentou renovar o vínculo por algumas vezes com o atleta, que sempre recusou as ofertas para permanecer no Morumbi. Durante a pausa para a Copa do Mundo, o Tricolor acertou o empréstimo de Bruno Peres, que fica no Morumbi pelo menos até dezembro de 2019.

Enquanto Militão e os titulares trabalharam no Reffis, os demais jogadores fizeram atividade em campo reduzido sob a supervisão do técnico Diego Aguirre. Sidão, Araruna e Everton, que cumpriram suspensão no clássico com o Corinthians, treinaram normalmente.

Futebol