PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Goleiro argentino é morto na saída de balada; atacante é detido

Do UOL, em São Paulo

23/07/2018 10h16

Uma violenta briga ocorrida na saída de uma casa noturna na Argentina acabou de forma trágica. O goleiro Facundo Espíndola, de 25 anos, que defendeu o River Plate nas categorias de base, foi apunhalado no peito e morreu. A polícia prendeu o atacante Nahuel Oviedo, suspeito de ter desferido o golpe, possivelmente com uma faca, que vitimou o goleiro.

Segundo o jornal Olé, a confusão começou às 6h30 da manhã desta segunda-feira em uma rua próxima a uma casa noturna, em Hurlingham, região metropolitana de Buenos Aires. As imagens da briga foram registradas por câmeras de monitoramento.

A briga envolvendo vários homens prosseguiu no estacionamento. Houve trocas de socos e pontapés. No meio da confusão, Espíndola foi golpeado. Ele seguiu por mais alguns metros, mas caiu pouco depois.

Oviedo entrou no carro e saiu em disparada, mas acabou sendo detido mais tarde pela polícia local.

Oviedo, que defende o San Telmo e que já jogou no Huracán, tem antecedentes criminais. Ele foi fichado por roubar uma residência e por agredir uma policial.

Morto na confusão, Espíndola estava sem clube. O goleiro jogou nas categorias de base no Chacaritas Juniors, River Plate e Lanús, estreando profissionalmente pelo Almagro.

A polícia argentina investiga o crime e ainda não se pronunciou oficialmente. Segundo o site Infobae, a polícia localizou a faca usada na briga. O instrumento cortante mede 30cm e foi encontrado a poucos metros do ocorrido. 

Futebol