PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-Napoli chega ao Atlético-MG mostrando credenciais: drible e velocidade

Atacante vestirá a camisa 17 e foi apresentado por Alexandre Gallo, diretor de futebol - Bruno Cantini/Atlético-MG
Atacante vestirá a camisa 17 e foi apresentado por Alexandre Gallo, diretor de futebol Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

23/07/2018 15h35

Sexto jogador anunciado pelo Atlético-MG durante a parada para a Copa do Mundo, o atacante Leandrinho foi oficialmente apresentado nesta tarde de segunda-feira na Cidade do Galo. Aos 19 anos, o jogador está emprestado pelo Napoli e já foi registrado no BID. Agora, só dependerá de Thiago Larghi para a torcida alvinegra conhecer um pouco mais de Leandrinho em campo. Em suas primeiras palavras, o garoto já avisou quais são seus pontos fortes.

"Gosto de jogar com a bola, de jogar em velocidade. Quero usar essas minhas qualidades, são meus pontos fortes, o drible e a velocidade", comentou o atacante de poucas palavras em sua primeira entrevista.

Leandrinho foi revelado na Ponte Preta, mas ficou pouco tempo em solo brasileiro. No início de 2017, foi vendido ao Napoli, mas nunca estreou no plantel principal, atuando apenas na equipe sub-19. Pelo acordo com o time italiano, o jogador ficará em Belo Horizonte por empréstimo até julho do ano que vem. Caso Leandrinho tenha sucesso com a camisa alvinegra, o Galo poderá exercer o direito de compra, mas terá de pagar 5 milhões de euros para ficar com o atacante em definitivo.

"Pode até ser por causa da idade (não ter sido aproveitado), mas passei um período importante no Napoli, por mais que não tenha jogado (no profissional). Passei um ano e meio trabalhando, a convivência foi muito boa, muitos atletas não têm essa oportunidade. Então é algo que vou levar para minha carreira, foi um ano de muita aprendizagem", acrescentou.

Leandrinho foi o sexto reforço do Atlético no período de pausa para a Copa do Mundo. Antes, o Galo contratou os atacantes Yimmi Chará, Denílson e Edinho, o meia David Terans e o volante Zé Welison. Nos próximos dias, o clube ainda deverá apresentar o meia Nathan, emprestado pelo Chelsea e que chega para o setor de criação do time.

Leandrinho, do Atlético-MG - Bruno Cantini/Atlético-MG - Bruno Cantini/Atlético-MG
Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Leia outros trechos da entrevista de apresentação de Leandrinho no Galo:

Ritmo de jogo: já tem alguns dias que eu estou trabalhando, por mais que tenha ficado de férias depois de maio, me sinto bem e não fiquei completamente parado, me preparei. Quando o treinador precisar, estarei à disposição para mostrar meu trabalho no clube.

Maneira de jogar: a torcida vai conhecer meu futebol em campo, procurarei dar meu máximo, ajudar a equipe na marcação, a fazer os gols, dar passes. O que precisar eu estarei pronto para ajudar.

Saída precoce do país: Só de ter ido à Europa já foi uma grande vitória. Muitos jogadores passam a carreira inteira querendo chegar lá e não conseguem. Procurei agarrar com as duas mãos essa primeira oportunidade de ir para a Itália.

Alto número de jovens no grupo: é um desafio muito grande chegar a um grande clube. Mas, por mais que tenham muitos jogadores jovens, acho que estão todos preparados para asssumir as responsabilidades. Não tem mais menino aqui, estamos preparados e temos que mostrar um bom futebol para essa torcida apaixonada e que merece essa entrega.

Futebol