PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Protegido por contrato, Inter aguarda 100% de Rithely para selar empréstimo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

22/07/2018 04h00

Rithely vivia a expectativa de ser oficializado pelo Inter durante o recesso do Brasileiro para disputa da Copa do Mundo. Não foi. Mesmo em fase final de recuperação, o Colorado espera que ele esteja com 100% de condições para firmar a contratação, e também tem razões financeiras para isso.

O contrato firmado com o Sport determina prazo até 2 de setembro para que o Inter exerça a opção de empréstimo do volante pelos próximos dois anos. Até lá, é o time pernambucano que arca com os salários do jogador, além dos custos da cirurgia realizada há aproximadamente três meses.

O Internacional tem autorização para realizar toda recuperação do atleta sob seu controle, dar a ele condições de atuar e testar a capacidade clínica até o último momento. Então, preservado pelo documento, o time gaúcho atrasa a opção de compra até porque paga um mês a menos de vínculo para o atleta. E ele não poderia atuar por enquanto de qualquer forma.

Assim, o Internacional espera 100% de recuperação, algo que não está longe de acontecer. Na última quinta, o jogador retomou treinos com bola e já na próxima semana deve ser integrado ao grupo. Passará, então, a ter possibilidade de ser oficializado.

"O Rithely ainda está em recuperação. Ele, talvez hoje (quinta), era o planejado, fez o primeiro treino com o grupo, com bola, em Porto Alegre. Vamos avaliando dia a dia. Temos até 2 de setembro para fazer valer nossa opção de empréstimo. Não queremos esperar até lá. Será o quanto antes, temos convicção que, em condições, nos ajudará muito. Ainda está em recuperação e vamos acompanhar a evolução do tratamento", disse o vice de futebol, Roberto Melo.

Não há dúvida, porém, que Rithely será contratado. Desejo do Inter desde 2014, o jogador passou por uma longa negociação no início do ano e o comando do clube gaúcho entende que ele pode acrescentar uma valiosa opção no meio-campo.

Com 27 anos, o marcador realizou duas partidas nesta temporada. Titular do Sport, no ano passado fez 57 jogos e marcou seis gols. Num negócio complicado e grande, o Inter liberou os empréstimos de Andrigo, Ernando e Claudio Winck, além de retirar a cláusula de retorno das liberações de Léo Ortiz e Anselmo e ainda arcará com o salário do jogador a partir do momento que firmar a opção de empréstimo.

Futebol