PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Sem contrato, Bernard avalia ofertas de West Ham e time chinês de Ramires

Bernard está livre desde que contrato com o Shakhtar Donetsk se encerrou - John Thys/AFP
Bernard está livre desde que contrato com o Shakhtar Donetsk se encerrou Imagem: John Thys/AFP

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

04/07/2018 04h00

Inglaterra ou China? Esta é a pergunta que está na cabeça de Bernard desde que seu contrato com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, se encerrou. West Ham e Jiangsu Suning fizeram propostas pelo atacante. Há mais clubes asiáticos em contato com o estafe do jogador de 25 anos.

As negociações sobre o futuro do meia-atacante são conduzidas pela dupla Adriano Spadoto e Giuliano Bertolucci. Representantes de Bernard desde a passagem pelo Atlético-MG, os agentes estão na Europa e conversam com dirigentes sobre as ofertas.

O atleta deixou o Shakhtar Donetsk em 30 de junho, ao fim do contrato, e agora estuda as opções que tem sobre a mesa. Ele esperava ter ofertas de times mais expressivos no cenário europeu. Arsenal e Liverpool fizeram consultas, mas não avançaram com propostas.

Diante disso, o jogador estuda uma mudança para Londres, onde defenderia as cores do West Ham, equipe que disputa a Premier League. O clube da elite do futebol inglês crê que o jogador que disputou a Copa do Mundo 2014 seria um bom reforço para o torneio. 

Do outro lado, há uma oferta do Jiangsu Suning, com valores bem maiores. A equipe chinesa conta com os brasileiros Ramires e Alex Teixeira em seu elenco. O técnico romeno Cosmin Olaroiu foi quem pediu a contratação de Bernard. Ainda há outros clubes da China interessados no atacante.

Vendido por 25 milhões de euros (R$ 77 mi à época) em agosto de 2013, Bernard defendeu o Shakhtar por cinco anos. No clube, ele fez 156 jogos e marcou 28 gols.

Futebol