PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Huracán vai à Fifa contra o Inter e quer indenização 'multimilionária'

Ação de clube argentino é por conta de pré-contrato entre Inter e Martín Sarrafiore  - Reprodução
Ação de clube argentino é por conta de pré-contrato entre Inter e Martín Sarrafiore Imagem: Reprodução

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

29/06/2018 13h00

O Internacional aguarda Martín Sarrafiore nos próximos dias, mas o Huracán não ficará quieto. O clube argentino diz já ter entregue reclamação formal à Fifa por conta da transferência do meia de 20 anos. Em Buenos Aires, a ideia é exigir uma indenização 'multimilionária'.

A irritação do Huracán não é novidade. E nem mesmo a citação de processo na Fifa. Em fevereiro, o clube argentino já havia afirmado que iria denunciar o Inter por aliciamento.

Alejandro Nadur, presidente do Huracán, disse ao UOL Esporte que o clube já acionou a Fifa. Em mensagem, o dirigente ainda afirmou que exige 'indenização com cifras multimilionárias'.

Perto de completar 21 anos, Sarrafiore assinou pré-contrato com o Inter em janeiro logo depois de ir bem na Copa RS sub-20 realizada em Porto Alegre. O Huracán afirma ter provas de que o clube gaúcho aliciou o meia e iniciou negociação antes do prazo permitido por lei. Segundo regras da Fifa, o jogador pode assinar pré-contrato seis meses antes do término do vínculo. 

O Internacional garante que não tem preocupação. O departamento de futebol confirma que observou Sarrafiore durante o torneio de base, mas é categórico ao dizer que assinou pré-contrato sem ato ilegal.

No primeiro semestre, o Huracán chegou a reclamar para a FGF (Federação Gaúcha de Futebol). A entidade tentou trabalhar em um acordo, mas não teve êxito. À época, uma oferta era dar até 25% dos direitos econômicos ao clube argentino.

Após assinar com o Inter, Martín Sarrafiore foi afastado dos treinos. O jogador tem mantido a forma física nas instalações do clube e é aguardado em Porto Alegre a partir de 1º de julho.

Futebol