PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com "gordura" na Libertadores, Santos decide preservar Sasha no Uruguai

Preocupado com tornozelo operado de Sasha, Santos poupará o atleta contra o Nacional - Thiago Calil/AGIF
Preocupado com tornozelo operado de Sasha, Santos poupará o atleta contra o Nacional Imagem: Thiago Calil/AGIF

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

29/04/2018 04h00

A comissão técnica e o departamento médico do Santos cercam de cuidados o atacante Eduardo Sasha, principal artilheiro do clube na temporada, com seis gols, que se recupera de entorse no tornozelo direito. O UOL Esporte apurou que o camisa 27, inclusive, já está vetado para a decisiva partida contra o Nacional-URU, na próxima terça-feira (1), em Montevidéu, no Uruguai.

Apesar de entender que o jogo pode garantir a classificação antecipada para a próxima fase da Copa Libertadores da América, os santistas também usam a “gordura” adquirida por três vitórias em quatro jogos, que levou a equipe a liderança isolada do grupo 6 da competição, para evitar problemas futuros.

Sasha tem um histórico grande de lesões no mesmo local, onde já foi submetido a uma série de cirurgias na carreira. Os problemas, por sinal, atrapalharam a sequência do jogador no Beira-Rio e motivaram o Internacional a negociá-lo em definitivo.

Em janeiro, o UOL noticiou que a contratação do jogador se deu com uma ressalva do departamento médico do clube pelo histórico de lesões e até cirurgias do atacante. Mesmo assim, autorizou a contratação para a diretoria santista.

A preocupação, agora, é não agravar o problema, ainda considerado simples pelo clube. O jogador também não participou dos trabalhos de campo na sexta-feira, no CT Rei Pelé.

Jair considera Eduardo Sasha como uma das principais opções do setor ofensivo. Mesmo com Gabriel Barbosa, o grande investimento do Santos na temporada, e com Rodrygo, considerada a maior promessa do clube nos últimos tempos, Sasha é quem mais tem jogado bem regularmente neste início de temporada.

Em pouco tempo, se transformou no artilheiro da equipe e virou quase que uma unanimidade no clube, que optou por investir para tê-lo em definitivo em transação envolvendo o lateral esquerdo Zeca em troca com o Internacional.

Sasha ainda foi peça fundamental para jogos considerados importantes como a primeira vitória em clássicos no ano, diante do São Paulo, no primeiro jogo contra o Nacional-URU, em 15 de março, também pela Libertadores, e na decisiva semifinal do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras.

A ausência de Sasha abre espaço novamente para Jonathan Copete. Esquecido no clube após um início de temporada ruim, o atacante colombiano teve atuação decisiva diante do Estudiantes-ARG, na última terça, com uma assistência para o gol marcado por Gabriel.

Para a partida, o técnico Jair Ventura não poderá contar também com o zagueiro Lucas Veríssimo, que cumpre suspensão. Gustavo Henrique e Luiz Felipe disputam a vaga. O meia Léo Cittadini, que torceu o pé direito contra o Estudiantes, não deve ser problema para o jogo.

Futebol