PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Romário diz que relação com torcida do Fla foi melhor do que com a do Vasco

Reuters
Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo

28/04/2018 15h56

Em entrevista ao canal do Youtube “Desimpedidos” nesta semana, o ex-atacante Romário disse que cultivou uma relação melhor com a torcida do Flamengo do que a com da Vasco, clube que defendeu entre 1981 e 1988.

“Sou muito grato ao Vasco por ter aberto as portas para eu chegar e ter saído com dignidade, pelo Vasco fiz os mil gols e ter uma estátua minha no clube”, disse o atual senador (Podemos-RJ), “mas a minha relação com a torcida do Flamengo foi bem melhor do que com a torcida do Vasco. Especificamente, essa torcida que tem lá no Vasco que eu prefiro nem falar o nome, que a relação nunca foi legal... Eu sempre me dei bem com toda a torcida do Flamengo e no Vasco, por se tratar de ser a maior e vamos chamar, na minha época, a mais importante, a minha relação não era tão boa.”

A torcida organizada à qual Romário se refere é a Força Jovem do Vasco, grupo com o qual o então atacante se chocou por diversas vezes no período em que defendeu a equipe de São Januário.

Em uma entrevista com a camisa cruz-maltina, o baixinho chegou a dizer que a Força Jovem era “um bando de frouxo que quer se aproveitar de alguma coisa, mas eles escolheram o cara errado” e que a organizada deveria “fazer uma aula com a Jovem do Fla e a Raça do Fla para aprender a torcer de verdade.”

Romário jogou no Flamengo entre 95 e 96 e depois entre 98 e 99. No ano seguinte, voltaria a defender o Vasco por mais duas temporadas. Ele ainda teria outras duas passagens por São Januário – ao todo foram quatro.

Ao “Desimpedidos”, Romário disse que atualmente é torcedor apenas do América-RJ e do Figueirense, clube pelo qual seu filho Romarinho joga.

Futebol