PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Roberto some até da aprovação de contas; Gobbi, por sua vez, reaparece

Roberto de Andrade na festa do título paulista de 2017; ex-presidente se afastou do clube - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Roberto de Andrade na festa do título paulista de 2017; ex-presidente se afastou do clube Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

27/04/2018 04h00

Dois meses e meio depois de deixar a presidência do Corinthians, Roberto de Andrade cumpre um roteiro similar ao que escolheu o antecessor Mário Gobbi. O agora ex-cartola se distanciou da vida política e sequer esteve, na última segunda-feira (23), na reunião que aprovou as contas de sua gestão em 2017. O ex-diretor financeiro Emerson Piovesan e o ex-diretor de futebol Flávio Adauto participaram. Gobbi, por outro lado, surpreendeu aliados ao se retirar de certo "exílio" que viveu entre 2015 e 2017. Mesmo com garantias a amigos de que não pretende mais concorrer à presidência, Mário tem ido às reuniões do Conselho com regularidade.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Futebol