PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mosquito se reapresenta ao Coritiba, mas empresário descarta renovação

Mosquito voltou a treinar no Coritiba após audiência na Justiça do Trabalho - Julia Abdul-Hak/CBF
Mosquito voltou a treinar no Coritiba após audiência na Justiça do Trabalho Imagem: Julia Abdul-Hak/CBF

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

26/04/2018 10h15

O atacante Gustavo Mosquito, revelação do Coritiba no último Brasileiro Sub-20, se reapresentou ao clube nesta quinta-feira (26) após ter deixado de ir aos treinamentos enquanto aguardava uma audiência sobre seu futuro. A audiência de instrução aconteceu na Justiça do Trabalho na última terça-feira (24) e nela houve a determinação de que o jogador se representasse para trabalhar no Coxa já na quarta, o que não ocorreu.

Entretanto, o empresário Guilherme Miranda, que gerencia a carreira do atleta de 20 anos, garantiu ao UOL Esporte a presença dele nos treinamentos “desde que o Coritiba dê condições de treino a ele”, ilustrou. Mosquito e seu representante tentam romper o contrato válido até setembro na Justiça, sob a alegação de atraso no recolhimento de FGTS e também com uma queixa por assédio moral. A audiência definitiva será no dia 1 de junho.

Durante a audiência de instrução, os advogados de Mosquito pediram uma vez mais a liberação do atleta de seu contrato com o Coxa, o que foi negado. 

Miranda ainda disse à reportagem que não há intenção de renovar o contrato com o clube. Na intenção do empresário, o jogador fica até a decisão judicial ou o final de seu contrato, disponível ao Coritiba para trabalhar. Depois, segue a carreira. Miranda não confirma nenhum contrato com outro clube. Anteriormente, noticiou-se que o Cruzeiro monitorava a situação da jovem revelação do Coxa.  

Futebol