PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio incentiva disputa e tem 100% de aproveitamento em pênaltis neste ano

Luan e Jael comemoram após discutir sobre quem bateria pênalti no Grêmio - Lucas Uebel/Grêmio
Luan e Jael comemoram após discutir sobre quem bateria pênalti no Grêmio Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

26/04/2018 18h10

Pênalti para o Grêmio é sinônimo de gol em 2018. Incentivando a disputa entre os batedores, o técnico Renato Gaúcho viu, na quarta-feira, o 11º gol desta maneira na temporada. Aproveitamento de 100%. 

Só Luan acertou quatro. Um nas cobranças da decisão da Recopa, na quarta-feira diante do Goiás, e no Gauchão contra o Inter e o Avenida. Os demais foram dois de Maicon (Independiente e São Paulo-RS), dois de Jael (Independiente e Novo Hamburgo), um de Cícero (Independiente), um de Everton (Independiente) e um de Jean Pyerre (Avenida). 

Na quarta, aliás, foi o técnico Renato Gaúcho que precisou resolver quem cobraria. Tão logo Luan sofreu a penalidade, Jael se candidatou a cobrar. Pegou a bola e não queria largar. Luan apelou ao comandante que o mandou fazer a cobrança. 

"São dois fominhas", definiu Renato Gaúcho. "Ambos têm aproveitamento muito bom em treinos e jogos. Eu sempre falo que bate quem está melhor, mais confiante. Mas só tem uma bola e só um pode bater. Eles conversaram, ficaram tranquilos, se abraçaram depois do gol. É melhor que eu tenha dois querendo bater do que um time se escondendo. Aqui no Grêmio não tem problema, eu mando a ordem quando há um impasse", definiu. 
Portaluppi, inclusive, incentiva que a disputa exista entre os jogadores. O treinador fomentou o espírito vencedor do elenco e até mesmo em recreativos ou qualquer brincadeira que surja nos momentos de descontração, perder é palavra proibida para quem veste azul, branco e preto. 
O Grêmio volta a campo neste sábado para enfrentar o Botafogo. A tendência aponta para preservação de alguns titulares. O treinamento desta sexta, no Rio de Janeiro, deve definir a equipe. 

Futebol