PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dono de time modesto, empresário oferece R$ 3,9 bi para comprar Wembley

Shahid Khan (direita) comprou o Fulham em 2013 - Max Nash/AP
Shahid Khan (direita) comprou o Fulham em 2013 Imagem: Max Nash/AP

Do UOL, em São Paulo

26/04/2018 09h39

Proprietário do Fulham, time atualmente na segunda divisão inglesa, o empresário paquistanês Shahid  Khan apresentou uma proposta de 800 milhões de libras (cerca de R$ 3,9 bilhões) para comprar o Estádio de Wembley da federação local (FA, na sigla em inglês), informa nesta quinta-feira diversos jornais do país.

Segundo a BBC, a FA confirmou ter recebido uma proposta dividida de dois valores: 500 milhões de libras pela aquisição do estádio e outros 300 milhões de libras pelos serviços de hospitalidade já existentes em Wembley. Porém, não disse se está propensa a aceitar. 

Shahid Khan, que tem nacionalidade americana, também é proprietário do Jacksonville Jaguars, equipe de futebol americano com sede na Flórida. A proposta seria uma indicação de que Khan pretende ampliar a presença do esporte na Inglaterra.

Atualmente, Londres tem recebido jogos esporádicos da temporada regular da NFL, mas uma possível aquisição de Wembley por Shahid  Khan indicaria a possibilidade de uma franquia fixa na cidade, conforme avaliação da imprensa inglesa.

O Fulham, por sua vez, tem como base o tradicional Craven Cottage, estádio construído em 1886 e que tem capacidade máxima para 25 mil torcedores. Como Shahid  Khan ainda não falou sobre a proposta, é incerto se sua intenção é que o clube passe a mandar seus jogos em Wembley, lendário estádio que foi reinaugurado em 2017, com capacidade para 90 mil pessoas, e administrado pela federação local.

Em 2013, Shahid Khan comprou o Fulham do egípcio Mohamed Al Fayed pelo valor de US$ 300 milhões, de acordo com estimativa da revista “Forbes”. Porém, em sua administração o clube tem sofrido com resultados modestos em campo, sendo que atualmente disputa a segunda divisão local.

Futebol