PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sorridente, Guardiola revela conversa para discutir renovação com o City

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (ING)

20/04/2018 10h56

Campeão inglês a cinco rodadas do fim, Josep Guardiola fez nesta sexta-feira a primeira aparição pública após entrar para a galeria de vencedores da Premier League, com o Manchester City. Isto porque o título foi confirmado sem a equipe em campo, já que a derrota do vice-líder Manchester United para o lanterna West Bromwich, no Old Trafford, no último domingo, definiu o campeonato após o City vencer o Tottenham, em Wembley, no sábado.

Bem-humorado e com semblante leve, algo incomum ao longo da campanha vitoriosa, Pep falou abertamente pela primeira vez sobre a possibilidade de estender seu vínculo de três anos com o clube, previsto para se encerrar na metade de 2019. Questionado anteriormente sobre o tema, as respostas foram evasivas. Nesta sexta, no entanto, o tom já foi diferente.

“Vamos conversar com o clube ao fim da temporada. Ainda tenho mais um ano de contrato, então há tempo. Eles (os dirigentes) dirão o que pensam, eu falarei o que eu planejo e veremos quais são as perspectivas do clube para o futuro”, afirmou o catalão.  “Também depende da minha energia e a minha força de continuar o trabalho. Agora me sinto bem e confortável por estar aqui e decidiremos o que é melhor para o clube”, continuou.

“O futebol muda muito, ainda não sei como reagiremos depois de vencer a Premier League. Tudo está lindo agora com o título, mas no futebol as coisas mudam do nada”, ponderou.

Ao longo da carreira como treinador, o maior período que Guardiola ficou no comando de uma equipe foi de quatro anos, no Barcelona (2008-2012). Na sequência, ele tirou um ano sabático em Nova York e, entre 2013 e 2016, esteve à frente do Bayern de Munique, antes de desembarcar na Inglaterra.

Depois de terminar a primeira temporada de mãos vazias no City, Pep conquistou a Copa da Liga e a Premier League em Manchester.

Neste domingo, os Citizens recebem no Estádio Etihad o Swansea City, 17º colocado e que briga contra o rebaixamento - está a quatro pontos da zona da degola.

Futebol