PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Quedas em receitas de TV e vendas de atletas explicam deficit corintiano

Torcida do Corinthians faz festa; clube fechou 2017 com déficit financeiro - Daniel Vorley/AGIF
Torcida do Corinthians faz festa; clube fechou 2017 com déficit financeiro Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

20/04/2018 04h00

O Corinthians fechou 2017 com deficit de R$ 35 milhões depois de encerrar o ano anterior com superavit de R$ 31 milhões. De acordo com o balanço divulgado pelo clube, a receita ligada aos direitos de transmissão é a grande vilã das contas alvinegras na temporada passada. O valor caiu de R$ 230 milhões para R$ 146 milhões. Outra queda acentuada foi nos repasses de direitos federativos. Em 2016, o Corinthians arrecadou R$ 144,4 milhões com a venda de jogadores do time campeão brasileiro do ano anterior. No ano passado, o chegou a R$ 97,8 milhões.

Para o ex-diretor financeiro do clube, Emerson Piovezan, que deixou o posto no fim do ano passado, a falta de patrocínio também afetou. "Teve uma redução. Ficamos sem máster e ficou difícil", disse ele.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Futebol