PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Novo atacante corintiano come sem parar, ganha 5 kg e prepara estreia

Matheus Matias é preparado para ter oportunidades no Corinthians em breve - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Matheus Matias é preparado para ter oportunidades no Corinthians em breve Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

20/04/2018 04h00

Com 19 anos, quase tudo tem sido novo para Matheus Matias, espécie de aposta pessoal do presidente Andrés Sanchez para o Corinthians. Segundo o próprio Fábio Carille, o jogador deve estrear em breve com a camisa do clube após mais de dois meses de treinamentos.

Jovem goleador do ABC e recordista do futebol brasileiro no começo da temporada (10 gols em 10 jogos), ele saiu de Natal sem experiência em divisões de base para ser relacionado em partidas oficiais corintianas em curto espaço de tempo. Mas, entre tantas novidades, a alimentação e as transformações no corpo é que têm sido mais marcantes.

"O que mudou é que estou tomando suplementos que dão muita fome. Aí, não paro de comer (risos). A alimentação também está melhor. Eu comecei a comer o que não comia antes, tipo verdura. Como bastante salada, açaí", conta Matheus ao UOL Esporte. "Pode comer tudo. Tem de engordar", explica ele, que conta com o apoio da mulher, Luana, que se encarrega da cozinha. No clube, Ralf e Cássio chegaram a oferecer ajuda em qualquer necessidade que o tímido garoto tivesse.

Preparador físico do clube, Walmir Cruz explica um pouco do trabalho feito com Matheus [1,86 m] e que já rendeu, segundo o próprio atacante, 5 kg extras. "A questão alimentar também é importante. É mudar o hábito, seguir uma rotina e com uma suplementação. Trabalhamos com Pedrinho há mais de um ano e agora que começou a dar um retorno bom. Agora ele está em um patamar acima", comparou.

Matheus Matias  - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

A rotina de clube, ainda explica Walmir, também é outra nesses dois meses de Corinthians. "É bem diferente do que ele estava acostumado. Praticamente não teve base física, então o atleta sente. O atleta acostumado [a treinar] tem uma coisa que se chama memória esportiva. Quem treina em alto nível, se para e volta um pouco, se adapta mais rápido e volta. Vamos fazer trabalho muito bom com o Matias e em breve ele estará dentro de campo".

O preparador físico corintiano ainda explica que o trabalho feito com Matheus abrange várias esferas diferentes. "É um garoto de potencial muito grande e precisamos prepará-lo um pouco mais para, depois que entrar, ter uma sequência boa. Os treinos são novidades, a intensidade dos treinos, fazemos trabalho de potência, de força, de estabilização, tudo é novo. Temos que fazer com que ele ganhe uma condição mínima. Fazer ele evoluir, ter paciência e usar na hora certa", opinou Walmir.

Carille, à TV Gazeta, no fim de semana, explicou que a adaptação também tem passado por relacionar o jovem às partidas do Corinthians em busca do momento ideal para a estreia. Para o treinador, se trata de um típico centroavante. "Não é pegar um garoto que chegou do ABC e dar a camisa a ele. O menino é acostumado a jogar para 2 mil pessoas. É um processo. Acho isso muito legal e quero participar dessa ideia do presidente de trazer jogadores novos", explicou o treinador.

Futebol