PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bruno Henrique é suspenso por um ano do futebol em Tribunal da Itália

Bruno Henrique tenta desarmar Cueva no clássico entre Palmeiras e São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Bruno Henrique tenta desarmar Cueva no clássico entre Palmeiras e São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

19/04/2018 17h41

Bruno Henrique, meio-campista do Palmeiras, foi considerado culpado pelo Tribunal Federal Nacional da Itália pelo uso de passaporte falso durante a sua passagem no Palermo. Como pena, a Federação Italiana de Futebol impôs um ano de suspensão de futebol. A informação foi dada pela ESPN e confirmada pelo UOL Esporte.

Embora a decisão tenha sido oficializada nesta quinta-feira (19) na Itália, o jogador ainda pode atuar pelo Palmeiras. Para que a pena passe a ser válida no Brasil, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) precisa ser notificada.

Para que isso aconteça, a Fifa precisará ser notificada, para repassar o aviso à entidade brasileira. Ainda assim, o jogador poderá recorrer para tentar continuar a atuar.

Em 2003, por exemplo, Dida foi condenado por prática semelhante, chegou a ser suspenso, mas conseguiu recorrer e seguiu defendendo o Milan.

Bruno Henrique foi comprado pelo Palmeiras por 3 milhões de euros, que na época correspondiam a pouco mais de R$ 11 milhões. Depois de um início de ano entre os reservas, ele se firmou como titular na equipe de Roger Machado.

A assessoria do jogador ainda não se pronunciou sobre o assunto. Além de Bruno Henrique, outros jogadores também sofreram punições na investigação de um esquema que envolveu mais de 300 pessoas.

Futebol