PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sport rejeita R$ 9,5 milhões e Grêmio desiste da contratação de André

André tem contrato com o Sport até 2022 e não conseguiu acertar saída para o Grêmio - Foto: JC Imagem
André tem contrato com o Sport até 2022 e não conseguiu acertar saída para o Grêmio Imagem: Foto: JC Imagem

Marinho Saldanha e Samir Carvalho

Do UOL, em Porto Alegre e Santos (SP)

24/02/2018 11h00

O Grêmio atingiu seu limite e saiu da negociação pelo centroavante André, do Sport. O clube gaúcho chegou a ofertar 2,5 milhões de euros (R$ 9,5 milhões) por 60% dos direitos do atleta. Mas não atingiu o esperado pelos pernambucanos.

O presidente do Sport, Arnaldo Barros, estipulou que queria 4 milhões de euros (R$ 15,9 milhões) por 70% dos direitos do jogador. Não aceitou ou sequer cogitou outra oferta que não essa. Jamais esteve interessado em troca de jogadores ou algo do tipo.

O problema é que André quer deixar o clube. Depois de uma série de reuniões, o jogador foi afastado e decidiu deixar o Sport. Não apareceu no clube nos últimos dias e não deve aparecer tão logo assim. Está determinado a ir embora.

Mas não será tão simples. Na noite desta sexta-feira, conforme apurou a reportagem do UOL Esporte, a direção do Grêmio entrou em contato com os dirigentes do Sport e agentes do atleta para informar que não há mais alternativa.

Na segunda-feira o Tricolor envia à Conmebol a lista de 30 inscritos na fase de grupos da Libertadores e André teria última possibilidade de estar presente. Mas, salvo reviravolta surpreendente, isso não irá acontecer.

Para seguir no Sport, André tem problemas. Depois de ter 'sumido' do clube por uns dias, o jogador já se manifestou com a intenção de ir embora. A antiga gestão do clube, por outro lado, tomou uma decisão recente que não deixou o ambiente nada bom. Pagou os salários dele, atrasou os dos demais atletas. 

Com 27 anos, o jogador se negou a entrar em campo pelo Rubro-Negro na Copa do Brasil esperando uma negociação com outro clube. Caso não feche com equipe alguma, precisará cumprir o restante de seu contrato com Sport até 2022. 

Para o comando do ataque, o Grêmio conta com Jael e Hernane Brocador. No início deste ano, sem contar com eles, Cícero foi utilizado na função. 

Futebol