PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Meia do Olympique provoca PSG antes de clássico: "Jogo no maior da França"

Payet disse não ver motivos para sentir inveja do rival da capital francesa - AFP PHOTO / BORIS HORVAT
Payet disse não ver motivos para sentir inveja do rival da capital francesa Imagem: AFP PHOTO / BORIS HORVAT

Do UOL, em São Paulo

24/02/2018 16h11Atualizada em 24/02/2018 22h37

Capitão e meia do Olympique de Marseille, Dimitri Payet esquentou o clássico deste domingo (25) contra o Paris Saint-Germain ao disparar provocações, em entrevista coletiva na véspera da partida, contra o rival da capital francesa --e, depois, receber uma resposta.

"Não julgo os parisienses. Não os invejo porque estou evoluindo no maior clube da França e especialmente porque tenho uma equipe. Vimos recentemente que jogar em equipe é muito melhor que apostar em individualidades", afirmou o jogador de 30 anos.

Payet deixou no ar, mas provavelmente se referiu ao fato de o Olympique ser o maior campeão nacional (com 25 títulos, contra 18 do PSG), além de fazer alusão à derrota do rival local para o Real Madrid por 3 a 1 no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O meia inclusive ironizou a possibilidade de o time de Neymar e companhia estar mais preocupado com o jogo de volta contra os espanhóis do que com o clássico deste domingo, uma vez que o PSG lidera o Francês com 11 pontos de vantagem para o Monaco e 13 para a equipe de Marselha.

"Temos maneiras muito diferentes de abordar esta partida. Eu também não posso culpá-los se preferem vencer o Real Madrid daqui dez dias do que nós amanhã (domingo). Se eles querem nos deixar ganhar, não há problema. Nós ficamos com os três pontos", afirmou.

Resposta

O Paris Saint-Germain respondeu às provocações. Na sua conta no Twitter, o clube publicou uma postagem retomando a declaração de Payet junto de dois emojis. Colocou uma camisa azul, da mesma cor que usa o Olympique, acompanhada de um símbolo de duas setas que remete ao sinal de substituição no futebol.


O tuíte do PSG, apesar de parecer de cifrado, é, segundo a imprensa francesa, uma insinuação a uma afirmação antiga do capitão do time de Marselha. Em 2011, o jogador, então cotado para se transferir do Santi-Étienne ao Saint-Germain, disse que só pensava em ir para Paris.

PSG e Olympique se enfrentam neste domingo, no Parc des Princes, às 17h (de Brasília).

Futebol