PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Livre de acusação de racismo, Firmino se pronuncia: "Sei como é doloroso"

Mason Holgate acusou Roberto Firmino de racismo - CARL RECINE/Action Images via Reuters
Mason Holgate acusou Roberto Firmino de racismo Imagem: CARL RECINE/Action Images via Reuters

Do UOL, em São Paulo

22/02/2018 10h55

Roberto Firmino se pronunciou sobre a acusação de racismo ao jogador do Everton, Mason Holgate. O atacante, que já foi liberado pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA), assegurou que não fez qualquer tipo de ataque racista ao oponente.

“Para evitar qualquer dúvida, eu não disse a palavra, ou uma variação da palavra. Eu não usei qualquer linguagem que se referisse à raça. Eu nunca referiria à cor ou cultura de uma pessoa por meio de um insulto”, falou Firmino em declaração ao site do Liverpool.

A confusão começou aos 39 minutos do segundo tempo, quando os dois jogadores estavam disputando a bola na lateral. Mason empurrou Firmino, que acabou caindo na arquibancada. O brasileiro se levantou e, furioso, partiu para cima do adversário e disse em português: "Você está maluco, filho da p...", de acordo com a leitura labial.

Holgate teria entendido as palavras do brasileiro como um insulto racial e foi reclamar com o árbitro, que não puniu ninguém. A FA também liberou Mason.

“É fundamental para o futebol que a luta contra o racismo e todas as formas de discriminação seja levada muito a sério. Como alguém que já sofreu preconceito racial, eu sei como isso pode ser prejudicial e doloroso”, disse Firmino.

Futebol