PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fifa cogita criação de mundial de base único com 48 seleções

Inglaterra conquistou o último Mundial sub-17, em 2017 - Danishi Siddiqui/Reuters
Inglaterra conquistou o último Mundial sub-17, em 2017 Imagem: Danishi Siddiqui/Reuters

Do UOL, em São Paulo

22/02/2018 15h43

A Fifa considera fundir os Mundiais sub-17 e sub-20 para criar um torneio de seleções de base em um molde semelhante ao da Copa do Mundo de 2026: com 48 times. De acordo com a agência de notícias AP, a entidade máxima do futebol debateu a ideia em reuniões realizadas nesta semana na Mauritânia e Nigéria, as quais contaram com a presença do presidente Gianni Infantino.

Os torneios bianuais para atletas com menos de 17 e 20 anos, que contam com 24 equipes, deixariam de existir em troca de uma competição com idade limite de 18 ou 19 anos, com o dobro de seleções.

As discussões também envolvem o aumento dos torneios de base femininos, com a criação de um torneio único de 24 equipes. O tema teria sido debatido em uma reunião realizada há duas semanas.

À AP, a Fifa explicou que as propostas são parte de uma revisão das competições organizadas pela entidade, algo que está em andamento desde que Infantino assumiu a presidência. A agência de notícias diz que o torneio único e potencialmente anual seria mais simples do ponto de vista logístico.

Em conjunto a essa mudança, a Fifa tenta enxugar o calendário de torneios de base internacionais. Em relação às competições masculinas, a entidade tem mais tempo, já que a sede do Mundial de 2019 ainda não foi definida.

No caso das competições femininas, mudanças ficarão para as futuras edições, já que Uruguai e França receberão os mundiais sub-17 e sub-20 em 2018.

Futebol