PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após briga com Palmeiras em 2017, uruguaio desfalca Boca contra o alviverde

Nahitan Nandez, do Boca Juniors, em ação durante partida contra o Banfield - Pablo Aharonian/AFP
Nahitan Nandez, do Boca Juniors, em ação durante partida contra o Banfield Imagem: Pablo Aharonian/AFP

Do UOL, em São Paulo

22/02/2018 11h02

Nessa quarta-feira (22), a Conmebol anunciou que o pedido de redução da suspensão de Nahitan Nández, do Boca Juniors, foi rejeitado. Com isso, o volante uruguaio vai desfalcar o clube argentino em partida contra o Palmeiras, válida pela Copa Libertadores da América.

Nández foi suspenso por cinco jogos por conta da briga que envolveu Palmeiras e Peñarol na edição de 2017 da competição continental. Como cumpriu apenas dois, ficará mais três jogos afastado deste ano.

Assim, Nández desfalca o Boca contra o Alianza Lima, no Peru, dia 1º de março; contra quem se classificar do duelo entre Junior de Barranquilla e Guaraní do Paraguai, dia 4 de abril, em Buenos Aires; e contra o Palmeiras, dia 11 de abril, no Allianz Parque.

Depois de cumprir os jogos de gancho que ainda tem pela frente, Nández poderá estrear na Libertadores justamente contra o Palmeiras, dia 25 de abril, em Buenos Aires.

Outro protagonista da briga, Lucas Hernández, do Peñarol, também teve pedido de redução da suspensão negado.

Futebol