PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lateral Dodô assina contrato com o Santos após demissão de dirigente

Ex-Corinthians, Dodô jogará por empréstimo no Santos até o fim desta temporada - Rafael Ribeiro/CBF
Ex-Corinthians, Dodô jogará por empréstimo no Santos até o fim desta temporada Imagem: Rafael Ribeiro/CBF

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

21/02/2018 17h45

O Santos fechou a sua quarta contratação para a temporada 2018. O UOL Esporte apurou que o lateral Dodô, revelado pelo Corinthians e que pertence a Sampdoria, da Itália, assinou contrato com o clube paulista no fim da tarde desta quarta-feira, na Vila Belmiro.

Dodô ficará no Santos por empréstimo até o fim desta temporada. O atleta já vestiu a camisa santista. Ele bateu fotos e gravou vídeos para o departamento de comunicação do clube. O anúncio oficial ocorre nesta quinta-feira.

Segundo integrantes da cúpula santista, os últimos entraves foram resolvidos após a saída do diretor executivo de futebol, Gustavo Vieira. O presidente José Carlos Peres deslocou outros dirigentes para findar a negociação.

A Sampdoria não cobrou pelo empréstimo, mas o Santos arcará com 100% do ordenado do atleta. O jogador recebia 100 mil euros (cerca de R$ 400 mil) mensais no clube italiano, mas abriu mão de boa parte de seu salário para jogar no alvinegro praiano até o fim deste ano.

Caso queira ficar com Dodô em definitivo, o Santos terá que desembolsar 1,5 milhão de euros (pouco mais de R$ 6 milhões).

A diretoria santista vê Dodô como jogador "completo" no sentido defesa e ataque. O lateral revelado pelo Corinthians tem 26 anos e já marcou gol contra o Santos quando atuava pelo arquirrival. Antes de jogar na Europa, ele se destacou no Bahia por empréstimo. De lá, o lateral foi vendido para a Roma, da Itália, e também teve passagem pela Inter de Milão, antes de defender a Sampdoria. O atleta sofreu com lesões e, por isso, não emplacou mais no futebol europeu.

A cúpula alvinegra não esperou dois jogos do lateral Romário, titular da posição nas primeiras rodadas do Paulistão, para reprovar a contratação feita pela gestão do ex-presidente Modesto Roma, para ir ao mercado buscar um novo lateral-esquerdo, como revelou o UOL no início do mês passado.

Romário é considerado um jogador bastante forte fisicamente, mas que deixa a desejar na parte técnica. Comissão técnica e diretoria avaliaram que Romário enfrenta dificuldades, principalmente, no apoio ao ataque. Por conta disso, ele perdeu a posição para Caju. O problema é que o "prata da casa" também deixa a desejar e perdeu a posição para o meia Jean Mota.

Além de Dodô e Romário, o Santos contratou mais dois jogadores nesta temporada: Eduardo Sasha e Gabigol, os dois titulares na equipe de Jair Ventura.

Futebol