PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torcida não comparece e Flu tem pior média de público entre grandes do RJ

Estádios vazios tem sido rotina para o Fluminense em 2018; clube sofre nas finanças - Lucas Merçon
Estádios vazios tem sido rotina para o Fluminense em 2018; clube sofre nas finanças Imagem: Lucas Merçon

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/02/2018 04h00

Com os cofres vazios, o Fluminense conta com o apoio da sua torcida para ter um pouco mais de fôlego nas finanças e empurrar o time. O desejo tricolor, no entanto, não tem se materializado nas arquibancadas.

Se considerados apenas os jogos em que o Flu atuou como mandante este ano, apenas 13.166 torcedores prestigiaram o time, que jogou para 654 “testemunhas” na partida diante do Macaé, em Los Larios. A média de presença até o momento é de 3.291 pagantes, a menor entre os grandes.

A ausência de uma casa fixa pesa e os argumentos que inibem a presença de público são muitos, mas o clima é de decepção nas Laranjeiras, já que a sensação é de que o torcedor tricolor “abandonou” o time neste momento delicado do clube.

A soma desses sucessivos fiascos não ajuda muito nos planos de colocar a casa em ordem e, quem sabe, reforçar o time. Após quatro partidas, o Flu levou para casa R$ 323.345, valor que não paga sequer um mês dos vencimentos da comissão técnica.

Turbinado pelo bom público na final da Taça Guanabara, o Fla tem larga vantagem até aqui. Com 47.933 torcedores presentes, a média rubro-negra é de 11.998 por jogo. Impulsionado pela participação na Copa Libertadores, o Vasco registra 25.036 vascaínos em seus jogos com São Januário de portas abertas, com uma média de 8.354. Com uma partida a menos como mandante, o Botafogo levou menos torcedores em seus três compromissos [12.641], mas a média de 4.213 alvinegros é maior que a do Flu.

No próximo sábado, os tricolores serão os mandantes no Fla-Flu, que deverá ser disputado na Arena Pantanal, em Cuiabá. Uma oportunidade para os tricolores do Centro-Oeste fazerem o que os do Rio não estão fazendo: ir ao estádio.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o Fluminense informou que "o clube estuda alternativas para reverter a situação".

Futebol