PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após vaia e gol contra, corintiano de R$ 6 milhões ganha apoio de Carille

Juninho - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Lateral Juninho Capixaba ganha respaldo de Carille após gol contra diante do Red Bull
Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

20/02/2018 07h43

Pouco brilho no ataque, dificuldades na defesa e um gol contra no empate por 1 a 1 com o Red Bull, que manteve a série sem vitórias do Corinthians na noite da última segunda-feira. Esse é o início da trajetória do lateral esquerdo Juninho Capixaba no clube paulista depois de sete jogos como titular.

Depois de ouvir vaias em alguns lances e cometer uma falha grotesca no segundo tempo da partida contra o Red Bull, o jogador de 20 anos, que custou R$ 6 milhões ao Corinthians, ganhou o apoio do técnico Fábio Carille. Segundo ele, é preciso dar tempo ao jogador para que ele consiga evoluir.

"Ele tem qualidade técnica. Eu estou vendo evolução. Vestir essa camisa não é fácil. Uendel ficou dois anos no banco, Arana estava desde 2015 com a gente. Isso acontece. O Corinthians requer um tempo. Nós tivemos de acelerar esse processo, mas daremos todo o respaldo a ele", frisou o treinador corintiano.

Contratado para ocupar a lacuna deixada por Guilherme Arana, Juninho Capixaba chegou ao clube alvinegro para ser titular. Para contratá-lo, a diretoria ainda cedeu parte dos direitos econômicos do goleiro Douglas ao Bahia, que ainda manteve 30% do jovem lateral.

Revelado pelo time baiano, o jogador disputou apenas 28 partidas oficiais antes de chegar ao Corinthians. Em sete jogos como titular com a camisa corintiana, Juninho Capixaba, que só não atuou na estreia do Campeonato Paulista, teve poucos momentos bons.

Sem assistências ou gols, o lateral teve participação ativa no primeiro gol corintiano na vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo - ele iniciou a jogada, que acabou com assistência de Rodriguinho e gol de Jadson.

No jogo contra o Red Bull, torcedores presentes ao estádio Moisés Lucarelli chegaram a vaiar Juninho Capixaba antes mesmo de ele marcar o gol contra. As manifestações ocorreram após o lateral recuar a bola para o goleiro Cássio em dois lances.

Na etapa final, o calvário do jogador teve novos capítulos. Aos 23 minutos, o atleta não viu a saída de Cássio e cortou um cruzamento em direção à própria meta. Quatro minutos depois, torceu o tornozelo esquerdo em um lance de ataque e acabou substituído por Maycon.

De acordo com o clube, Juninho Capixaba será reavaliado nesta terça-feira à tarde. Por isso, ele virou dúvida para o clássico com o Palmeiras, em Itaquera, no próximo sábado. Segundo Carille, Maycon pode atual pelo lado esquerdo.

Futebol