PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Português explica crise de choro após ser substituído: fui insultado

Reprodução
Imagem: Reprodução

17/02/2018 08h13

O jogador português Fabio Coentrão explicou, em um texto publicado em seu Facebook, que a crise de choro que teve ao ser substituído em um jogo do Sporting na última quinta-feira foi motivada por uma série de motivos, entre eles insultos que ouviu da torcida do Astana no duelo válido pela Liga Europa.

"Como é possível eu ter passado um jogo inteiro a ser insultado e agredido com isqueiros? Mais ainda: como é possível ter visto um cartão amarelo quando eu é que fui vítima de agressão por um adversário que me pôs o dedo num olho? Ter visto outro adversário a atirar a bola contra mim noutro lançamento lateral?”, disse.

Coentrão, que está emprestado pelo Real Madrid ao time português, disse que a reação com choro foi normal pela situação e disse que não teve nenhuma relação com a substituição. “Sou humano e também tenho direito à indignação, com a certeza de que estarei aqui até ao final a lutar com todas as minhas forças’.

Com a vitória de virada por 3 a 1 sobre o Astana, o Sporting recebe o rival em Lisboa podendo perder por um gol de diferença ou 2 a 0, que, ainda assim, sairá do tempo normal classificado para as oitavas de final. Se o time cazaque devolver o 3 a 1, forçará a prorrogação.

Futebol