PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro paga salários, mas tenta quitar direitos de imagem em novembro

Jogadores receberam salários de outubro, mas ainda aguardam os direitos de imagem - Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Jogadores receberam salários de outubro, mas ainda aguardam os direitos de imagem Imagem: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

29/11/2017 14h25

O Cruzeiro já acertou com o seu elenco o pagamento dos salários atrasados. Contudo, a diretoria ainda trabalha para quitar o direito de imagem referente ao mês de outubro e que representa a maior parte das remunerações dos atletas. Quem confirmou a pendência foi o ainda diretor de futebol Klauss Câmara, em sua entrevista de despedida do clube.

"Os salários do Cruzeiro hoje estão todos em dia. As dificuldades do pagamento de imagem existiram sim ao longo do ano. E eu acredito que exista, talvez, algumas imagens em aberto. Não sei precisar agora. É o financeiro quem tem atuado diretamente com o Gilvan na quitação dos débitos. Mas, como falei, essa questão financeira é algo que está inerente e precisa de um plano de gestão. Tem que ser assim em 2018", comentou o diretor, que será substituído pelo ex-jogador Marcelo Djian.

Além do pagamento com vencimento em novembro, a gestão de Gilvan de Pinho Tavares, que está a menos de dois meses de deixar o clube, ainda precisará arcar com outros gastos, como os salários do fim de ano e 13º dos jogadores. Esta dificuldade financeira é um problema rotineiro na maioria dos clubes brasileiros, já que as receitas neste final de ano costumam ser menores que nos meses anteriores.

Apesar do momento financeiro complicado, o Cruzeiro está disposto a trazer jogadores de peso para 2018, a fim de alcançar o grande objetivo da temporada e erguer a Libertadores pela terceira vez. Até o momento, o clube não confirmou nenhuma contratação, mas segue monitorando nomes como Rafinha e Ricardo Oliveira.

Futebol