PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com Odair, Inter não ganha 'indicados' e mantém mira em reforços pontuais

Odair Hellmann, técnico do Inter, assume o time na temporada que vem - Ricardo Duarte/Inter
Odair Hellmann, técnico do Inter, assume o time na temporada que vem Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

28/11/2017 04h00

A confirmação de Odair Hellmannn como treinador do Inter reforçou a política de contratações do clube. Sem um técnico mais rodado, não há uma lista de reforços solicitada pontualmente pelo comandante e a aposta é na avaliação coletiva do clube.

É natural que um técnico mais experiente peça jogadores de sua confiança ao ser contratado. Até mesmo aqueles profissionais sem tanta rodagem têm preferências particulares quando assinam com determinado clube.

No ano passado, por exemplo, Antonio Carlos Zago solicitou as chegadas de Roberson e Klaus, ambos egressos do Juventude. O primeiro segue no clube sem ser aproveitado com regularidade, enquanto o segundo virou titular na zaga e teve direitos comprados nesta semana. Ambos sem demandar investimento alto.

Guto Ferreira também tinha indicado alguns atletas. Entre eles, pediu investidas em Régis e Renê Júnior, ambos do Bahia, mas não houve avanço em nenhum dos negócios.

Odair Hellmann, por outro lado, é membro da comissão técnica permanente do Internacional e já participava, mesmo que indiretamente, do processo de avaliação do elenco e de possíveis investidas. Estava inserido no que era feito mesmo antes da definição do técnico para o ano que vem. Desta forma, não tem algo pré-determinado ou fará solicitação que possa pegar a direção de surpresa.

Reforços de pouca movimentação financeira

O Internacional não fará grandes movimentações financeiras para 2018. Os reforços procurados pelo time demandam pouco gasto e que possam gerar rendimento satisfatório em campo.

Como disse o vice de futebol Roberto Melo ao UOL Esporte na última semana, atletas que não lotem aeroporto, mas lotem estádio pelo bom futebol apresentado.

Após confirmar a contratação do centroavante Roger, do Botafogo, o Colorado tem situações bem encaminhadas com o volante Gabriel Silva, ex-Paraná, e o lateral direito Ruan, ex-Boa Esporte. Ainda na lista está o atacante Silvinho, do Criciúma.

Futebol