PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Ele sabe que errou", diz Mancini após confusão causada por Rodrigo

Do UOL, em São Paulo

27/11/2017 19h43

O técnico Vagner Mancini, do Vitória, afirmou nesta segunda-feira (27) que fez de tudo no último domingo (26) para o trio de arbitragem da partida do clube baiano contra a Ponte Preta notar a “dedada” do zagueiro Rodrigo no atacante Tréllez. Em entrevista ao "Fox Sports", ele relatou ter visto as duas vezes em que o defensor realizou o ato durante a partida no Moisés Lucarelli.

“Eu chamei a atenção do quarto árbitro porque o Rodrigo já tinha feito. Quando eu chamei a atenção do quarto árbitro, ele foi e fez novamente. Felizmente, a TV mostrou. Eu fiz de tudo para que pudesse mostrar para ele, mas é importante nós termos a cena gravada”, declarou.

“Eu joguei com o Rodrigo, tenho amizade com o Rodrigo e sei que ele deve estar muito arrependido do que fez. Ele sabe que errou”, completou o técnico.

Mancini também comentou a confusão que se instaurou no estádio após o Vitória virar o placar para 3 a 2. O técnico criticou as forças de segurança que permitiram a invasão do gramado no segundo tempo do jogo que acabou não terminando.

“Em primeiro lugar, a gente tem que pedir para que as autoridades tomem cuidado com o espetáculo. Atletas, técnicos, dirigentes e o pessoal da imprensa têm que ter segurança! O que aconteceu ontem... Quem não sabia que a torcida da Ponte Preta ia invadir o campo? Todo mundo sabia disso! Que as autoridades tomem isso como exemplo e reforcem o policiamento no domingo”, reclamou.

“Já me mandaram vídeo em que eu estou correndo no campo, na frente dos atletas, mas na hora foi desesperador, porque você não sabe o que vai acontecer. Eu tenho família, tenho filhos... Assim como todos os que estão envolvidos ali. As autoridades têm que levantar da cadeira e tomar atitude contra isso aí. Tem que parar não só no estádio, mas esse negócio de torcida em aeroporto, em CT para bater em jogador, treinador... Tem que acabar, nós estamos em 2017”, completou.

Ambos os incidentes foram relatados na súmula do árbitro Ricardo Marques Ribeiro.

Futebol