PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lugano confirma que recusou jogo de despedida do SP: "Não tem discussão"

Lugano disse que "não pode aceitar" um jogo de despedida - Mauro Horita/Estadão Conteúdo
Lugano disse que "não pode aceitar" um jogo de despedida Imagem: Mauro Horita/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

24/11/2017 22h55

O zagueiro Diego Lugano confirmou em entrevista ao programa No Ar, do canal Esporte Interativo que recusou um jogo de despedida que foi oferecido pela diretoria do São Paulo. A informação havia sido publicada pelo UOL Esporte na última quinta-feira (23).

Segundo o uruguaio de 37 anos, ele não merece uma partida festiva para se despedir do clube tricolor, já que outros ídolos da torcida como Careca, Darío Pereyra e Raí não tiveram a mesma honra.

"Eles me propuseram fazer um jogo de despedida no fim de ano, quando eu quisesse, do tamanho do de Rogério (Ceni). Não pode haver maior prestígio para um gringo, que está no maior time do mundo e no país do futebol, que falem isso para você. É um prestígio enorme, eu só tenho gratidão", disse Lugano.

"Eu não fiquei bravo, só falei para a diretoria: não me sinto desse tamanho. Se Careca não teve despedida, Darío não teve despedida, Raí não teve despedida, eu não posso. Eu morro de vergonha, eu passaria mal. Não vou aceitar, não posso aceitar um jogo de despedida", completou.

Sem o amistoso festivo, o técnico Dorival Júnior estuda a possibilidade de colocar Lugano entre os titulares no jogo contra o Bahia, pela última rodada do Brasileirão, em 3 de dezembro.

"A homenagem que a torcida do São Paulo me fez e me faz não tem preço. É incrível. Eu não preciso desse momento e não acho justo com outras figuras do São Paulo, de um tamanho muito maior que o meu. Não vou fazer, não tem discussão", encerrou Lugano. O programa com a entrevista na íntegra irá ao ar na próxima quinta-feira (30), às 21h25.

Futebol