PUBLICIDADE
Topo

Futebol

São Paulo tem acordo para volta e renovação de Reinaldo, destaque na Chape

Reinaldo tem 14 assistências e nove gols pela Chapecoense em 2017 - Daniel Vorley/AGIF
Reinaldo tem 14 assistências e nove gols pela Chapecoense em 2017 Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/11/2017 04h00

A lateral esquerda do São Paulo já vai se configurando para a próxima temporada. Depois de deixar a compra de Edimar alinhada com o Cruzeiro por R$ 500 mil, a diretoria agiu pela manutenção de Reinaldo. O ala está emprestado à Chapecoense até dezembro, mas entrou em acordo com o Tricolor para retornar em 2018 e ainda renovar o contrato por mais três anos.

O vínculo atual com o time paulista terminaria no fim de 2018 e foi estipulado antes do empréstimo à Chape. Na época, o acordo fazia parte da compra do garoto Shaylon, de 20 anos, que ficou duas temporadas emprestado à base são-paulina. O time catarinense, por contrato, tinha a preferência de compra de Reinaldo até 31 de dezembro deste ano, mas ainda precisaria se acertar com o próprio jogador para concluir um eventual negócio. 

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, a diretoria da Chape disse não ter sido informada sobre qualquer novidade na situação do lateral esquerdo, de 28 anos, e não ter decidido se iria tentar exercer o direito de compra. No ano de reconstrução do clube após o acidente aéreo às vésperas da final da Copa Sul-Americana de 2016, Reinaldo é um dos destaques do time. Muitas vezes capitão, o ala soma 14 assistências (no São Paulo, Cueva é o líder do quesito com 11) e nove gols.

Reinaldo chegou ao Tricolor em 2013, após se destacar pelo Sport, e logo assinou contrato longo, de cinco temporadas. Nos dois primeiros anos, era tido como um reserva de bom potencial. Em 2015, acabou marcado por atuações ruins na eliminação para o Cruzeiro na Copa Libertadores da América e em goleada por 6 a 1 sofrida para o Corinthians no Brasileirão. No ano seguinte, foi emprestado à Ponte Preta.

Na Macaca e na Chapecoense, o lateral conseguiu marcar gols contra o São Paulo. O último foi no empate por 2 a 2, no Pacaembu, no dia 9 de novembro, quando também deu assistência para o primeiro tento dos catarinenses, marcado por Wellington Paulista. O Verdão do Oeste assegurou a permanência na Série A antes do que o São Paulo, já na 35ª rodada. Os tricolores devem conseguir escapar neste fim de semana, mesmo se não vencerem o Botafogo. 

Futebol