PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lucas mira futebol inglês após recado de técnico e falta de espaço no PSG

Franck Fife/AFP
Imagem: Franck Fife/AFP

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris (FRA)

16/11/2017 12h00

Lucas Moura já sabe que dificilmente terá oportunidades no Paris Saint-Germain. Uma conversa com o treinador Unai Emery foi encarada como desanimadora pelo brasileiro e a intenção é a de deixar o clube francês na reabertura da janela internacional de transferências, em janeiro. No destino, o futebol inglês foi colocado como principal foco.

O UOL Esporte apurou que a mensagem de Unai a Lucas foi a de busca por outro clube, com a sinceridade da falta de espaço no elenco. Diante desse cenário, e com a preferência por um clube de ponta no futebol europeu, o brasileiro chegou a rejeitar propostas do Sporting e do Monaco.

A conversa franca com Unai Emery foi realizada ainda antes do início da temporada, mas o meia confiou que o bom relacionamento com Neymar – eles atuaram juntos na seleção olímpica e principal - mudaria o cenário no clube. Pura ilusão. O meio-campo teve apenas 72 minutos em campo, sendo utilizado nos minutos finais de cinco partidas.

Lucas e Neymar - Gonzalo Fuentes/Reuters - Gonzalo Fuentes/Reuters
Lucas Moura esperava que chegada de Neymar o ajudasse no PSG
Imagem: Gonzalo Fuentes/Reuters

Por que Lucas ainda não saiu?

No plano de Lucas Moura ficar no PSG até janeiro de 2018 também significa obter o passaporte francês. Os 5 anos trabalhando no país necessários para a obtenção do documento estão prestes a ser completados – chegou ao PSG em janeiro de 2013 -. Com ele, a valorização no cenário europeu é maior.

Outro detalhe importante para Lucas Moura seguir em Paris no começo da temporada foi o período de gestação da esposa, Larissa Saad. O primeiro filho nasceu recentemente. O casal gosta da ideia da mudança.

Clubes interessados na Itália e Inglaterra

No cenário traçado pelo PSG, a expectativa é de obter proposta de cerca de 30 milhões de euros por Lucas Moura. Pela falta de espaço no elenco, o empréstimo também é opção cogitada.

Recentemente, a imprensa italiana especulou a Juventus como interessada no brasileiro. No entanto, o interesse antigo de Chelsea e Arsenal são vistos como mais animadores.

A permanência no PSG é considerada difícil. O fim da paciência de Lucas Moura no clube foi a ausência na lista de convocados para o duelo contra o Anderlecht pela Liga dos Campeões, dia 31 de outubro – PSG venceu o jogo por 5 a 0 no Parque dos Príncipes.

“O Lucas tenho uma intimidade maior. Procuro estar próximo a ele. A situação de jogar pouco lógico que desagrada, mas procuro mostrar o caminho certo. No momento certo as oportunidades vão aparecer. Basta estar preparado. Ele com certeza terá sua chance”, comentou o capitão Thiago Silva dias depois. 

Futebol