PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Modesto diz que demitiu Levir "na hora certa" e descarta efetivar Elano

MARCO GALVãO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: MARCO GALVãO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

29/10/2017 14h13

O presidente do Santos Modesto Roma Júnior falou da demissão do técnico Levir Culpi no último sábado (28) após derrota para o São Paulo, no Pacaembu. O dirigente ressaltou que desligou o treinador "na hora certa" e ainda descartou que Elano tenha chance de ser efetivado como comandante da equipe já em 2018. 

"Eu não me arrependo e acho que as coisas têm que chegar e ter uma maturação. Foi feita essa maturação. A questão não é resultado, é toda uma contingencia que leva a isso. O momento para a demissão era esse .algumas pessoas acharam que era antes. Como isso é recorrente ao futebol", disse em entrevista ao canal Fox Sports neste domingo. 

"A decisão é um conjunto de situações e a gente tem que analisar tudo quando tem que tomar decisão. A decisão não é emocional. Ela é baseada em fatos. Conversei com o Levir depois do jogo e entendemos que era um momento de encerrar o ciclo", explicou.  

O presidente ainda disse que Elano fará o planejamento de montagem da equipe par o próximo ano, mas não será efetivado. "O Elano vai assumir a responsabilidade até o final de ano. O planejamento de 2018 está mantido. Neste momento o grupo está bem servido com o Elano. Na comissão técnica ele fica. 2018 é o ano quer ele vai fazer a formação dele, tirar todas as licenças dele que passam a ser obrigatórias em 2019", comentou. 

Modesto também não descarta um técnico estrangeiro para o Santos em 2018. "Não temos muitos nomes no mercado. Precisamos definir. Estamos pensando nas possibilidades, mas temos aí algum tempo para refletir e decidir quem vai assumir em 2018. Não sei por que não fazer parte dos planos. Dentro das condições e possibilidades, pode ser. Não tem nenhuma restrição à nacionalidade". 

Em seu Facebook, Levir Culpi comentou a saída do Santos. "Meus amigos. Recebi um telefonema do presidente Modesto Roma. Sempre foi um cara simpático comigo, enfim: "Levir você está demitido"! Quero agradecer a oportunidade de trabalhar no time do Pelé.Quando disse que estava feliz com um contrato de seis meses, estava certo, concordam? Quero deixar um abraço aos funcionários do Santos, comissão técnica e especial aos atletas. Aprendemos muito em pouco tempo. Um abraço nos torcedores que comemorarm as vitórias e choraram conosco nas derrotas.Vida que segue felicidades pra todos", escreveu.

 

 

 

Futebol