PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Berrío rompe tendão do joelho esquerdo e fica ao menos 8 meses fora no Fla

Berrío se machucou na derrota para o São Paulo no domingo - Mauro Horita/Estadão Conteúdo
Berrío se machucou na derrota para o São Paulo no domingo Imagem: Mauro Horita/Estadão Conteúdo

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/10/2017 18h10

As lágrimas de dor e tristeza após a lesão contra o São Paulo confirmaram toda a preocupação de Berrío. Após realizar exames médicos nesta segunda-feira no Rio de Janeiro, foi constatada a ruptura do tendão patelar do joelho esquerdo do colombiano. De acordo com o médico do Flamengo, Márcio Tannure, o atacante ficará ao menos oito meses longe dos gramados.

“É uma lesão considerada complexa. Mínimo de oito meses para voltar a jogar. Tudo depende da recuperação dele. Cada paciente é um paciente. O prazo médio para retorno não dura menos de oito meses. Em alguns casos, podendo levar até mais tempo do que isso”, declarou.

A cirurgia de Berrío já está marcada para a manhã desta terça-feira na capital carioca. O atacante se lesionou após concluir a gol diante do São Paulo, no Pacaembu (SP), neste domingo. Na maca ele já chorava bastante e precisou ter o local imobilizado. No desembarque da delegação, apareceu numa cadeira de rodas. 

O jogador foi contratado este ano após se destacar pelo Atlético Nacional (COL) e atravessou momentos de altos e baixos no Flamengo, mas vinha sendo utilizado pelo técnico Reinaldo Rueda, que havia comandado-o também no clube colombiano.

Guerrero ainda é dúvida

Outro que ainda preocupa é o atacante Guerrero. O peruano se recupera de uma lesão na coxa esquerda e ainda não tem previsão de retorno.

"Este foi exatamente o motivo de o Paolo não ter jogado ontem. Ele tinha um edema na parte posterior da coxa esquerda. Hoje, iniciou o processo de transição. Nestes dias todos ficou só na fisioterapia. Aqui, não trabalhamos com prazo. Vai depender de como vai evoluir nestes dias", disse Tannure.

Futebol