PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fora da Libertadores, Luiz Felipe quer ser titular do Santos no clássico

Luiz Felipe não atua há 10 meses por conta de cirurgia ligamentar no joelho direito - Divulgação/SantosFC
Luiz Felipe não atua há 10 meses por conta de cirurgia ligamentar no joelho direito Imagem: Divulgação/SantosFC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

31/08/2017 16h34

O zagueiro Luiz Felipe, que está recuperado de uma lesão ligamentar no joelho direito, espera voltar a jogar após 10 meses longe dos gramados. O defensor vê desvantagem na disputa com os concorrentes – Lucas Veríssimo, David Braz e Gustavo Henrique – mas acredita que pode iniciar o clássico contra o Corinthians no próximo dia 10, na Vila Belmiro, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“A gente tem que criar essa expectativa. É o que nos move, jogar, estar em campo. Mas entendo se o professor optar por outro. Sei que tem gente na minha frente, mas trabalho firme para estar preparado se optar por mim. O Gustavo jogou uma partida, saiu do departamento médico primeiro que eu, então estava treinando primeiro. Acredito que eu consigo jogar 90 minutos porque treino forte. Claro que é diferente o ritmo, mas acredito que eu consiga aguentar”, afirmou Luiz Felipe.

O zagueiro, titular absoluto na temporada passada, não foi inscrito para as fases de oitavas e quartas de final da Copa Libertadores da América. Desta forma, Luiz Felipe está descartado para o duelo contra o Barcelona, do Equador, em Guayaquil, no próximo dia 13, válido pelo jogo de idas das quartas de final.

Caso o técnico Levir Culpi resolva poupar alguns titular no clássico contra o Corinthians visando o duelo em Equador três dias depois, a chance de Luiz Felipe ser titular no clássico aumenta. O defensor fez questão de dizer que não ficou chateado com o treinador, que inscreveu o jovem Orinho, do time B, em seu lugar.

“Eu tinha noção de que seria difícil (inscrição na Libertadores). Até porque o Gustavo voltou antes, quatro zagueiros que sempre são inscritos, Noguera em um bom ano, estava sempre no banco, jogou algumas partidas. Mas não fiquei chateado, é normal. Aconteceu a lesão, a fatalidade, me conformei com o que aconteceu”, disse.

Luiz Felipe foi relacionado para o duelo contra o Cruzeiro após 10 longe dos gramados, mas não teve oportunidades de atuar.

Hoje a zaga titular do Santos é formada por David Braz e Lucas Veríssimo, este deu a volta por cima no clube após ficar encostado e é considerado um dos melhores zagueiros do elenco. Ele, inclusive, foi alvo de assedio dos clubes europeus, mas a diretoria santista segurou o jogador renovando o seu contrato.

Para o clássico contra o Corinthians, Levir Culpi terá que escolher um parceiro para Lucas Veríssimo, caso não poupe ninguém. Isso porque David Braz cumprirá suspensão automática. Gustavo Henrique, Fábian Noguera e Luiz Felipe disputam a posição no setor.

Futebol