PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coutinho diz estar lesionado. Por que Tite não cortou o jogador da seleção

Philippe Coutinho se apresentará normalmente à seleção brasileira na próxima semana - Robert Cianflone/Getty Images
Philippe Coutinho se apresentará normalmente à seleção brasileira na próxima semana Imagem: Robert Cianflone/Getty Images

Pedro Ivo Almeida e Pedo Lopes

Do UOL, no Rio de Janeiro e em São Paulo

25/08/2017 16h24

Philippe Coutinho não vem jogando pelo Liverpool. Com uma lesão nas costas, de acordo com a versão revelada pelo clube, ele nem sequer tem participado de treinamentos. Ainda assim, se apresentará normalmente à seleção brasileira na próxima segunda-feira (28) – para o período de treinos visando os jogos contra Equador e Colômbia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2018.

Nas palavras do estafe do atleta, procurado pela reportagem, o meia está “lesionado”. No entanto, as mesmas pessoas próximas acreditam que Coutinho pode se recuperar até a próxima quinta-feira, data do duelo entre Brasil e Equador.

Mesmo sem qualquer comunicação oficial de lesão por conta do Liverpool ou do jogador, a CBF aguarda o jogador em Porto Alegre no início da próxima semana. Na visão da comissão técnica de Tite, é importante ter um atleta do “peso” de Philippe Coutinho com o grupo neste período de preparação a menos de um ano para a Copa do Mundo. Por isso, um corte foi descartado.

Como ocorre em outras convocações, Coutinho e outros jogadores com possíveis desgastes em seus clubes serão avaliados pelo departamento médico da seleção assim que chegarem à capital gaúcha. Jogador e CBF, no entanto, não acreditam em maiores problemas.

Impasse por futuro

Valorizado após uma boa temporada pelo Liverpool, Philippe Coutinho viu seu nome ser cobiçado por grandes clubes da Europa, especialmente o Barcelona. Sem Neymar, o time catalão quer o meia brasileiro ao lado de Messi em campo. A negociação, no entanto, se mostra difícil e se arrasta há algumas semanas.

Coutinho quer deixar a Inglaterra. Barcelona o quer. Mas o Liverpool não pretende liberá-lo.

Nesta semana, a pedido do próprio jogador, o Barcelona apresentou a proposta que deve ser a cartada final, com valores que podem chegar a 145 milhões de euros. Apesar da insistência, os próprios catalães já não mostram o mesmo otimismo de outrora.

Enquanto isso, Coutinho não entra em campo pelo Liverpool. Antes, era um pedido para se ausentar em meio ao impasse. Agora, a lesão nas costas. E o tempo passa. A janela fecha no dia 1º de setembro.

Tite convoca Cássio e Luan para jogos da seleção

UOL Esporte

Futebol