PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jornalista gremista morre e recebe homenagem de Renato Gaúcho

Do UOL, em Porto Alegre

20/07/2017 01h09

Morreu, no final da noite desta quarta-feira (19), Paulo Sant’Anna. Jornalista e torcedor ilustre do Grêmio, ele recebeu homenagem do clube e do treinador Renato Gaúcho. Símbolo do público identificado com o Tricolor, ele será velado na Arena do Grêmio.

Colunista do jornal Zero Hora, ex-comentarista e apresentador da Rádio Gaúcha, Sant’Anna foi reverenciado por Renato Portaluppi.

“Devo muito do meu sucesso no Grêmio ao Paulo Sant’Anna. Ele brigou com o mundo para eu jogar, para que eu tivesse chances”, disse Renato à Rádio Gaúcha. “Guardo grandes lembranças dele, é uma perda irreparável. Estou bastante emocionado e triste”, completou.

Renato e Sant’Anna protagonizaram uma das cenas mais emblemáticas da história do Tricolor, em 1983. No gramado de Tóquio, após a vitória do Grêmio em cima do Hamburgo, o jornalista segurava uma espécie de transmissor para ouvir o herói do título mundial.

Vítima de uma parada cardíaca, Sant’Anna estava afastado da opinião pública nos últimos anos. Em 2012 participou da despedida do estádio Olímpico, antes da mudança para Arena. Em nota oficial, o Grêmio lamentou com ‘enorme pesar’ do torcedor ilustre.

“O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense lamenta com enorme pesar o falecimento ocorrido na noite desta quarta-feira, do cronista esportivo e gremista ilustre, Paulo Sant'Ana”, diz o texto publicado no site oficial do clube gaúcho. “Reconhecido como um dos torcedores mais fervorosos do Grêmio, esteve presente em momentos históricos do Clube, como na conquista do primeiro título da Copa Libertadores da América e do Mundial, em 1983. Neste momento de dor, o Clube se solidariza com os seus familiares e amigos”.

A diretoria do Grêmio confirmou que o velório será realizado na Arena. Os detalhes dos atos fúnebres ainda serão divulgados.

Futebol