PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em reunião no Conselho, diretor se queixou de descompromissados no SP

Diretor executivo de futebol durante a apresentação de reforços - Rubens Chiri / saopaulofc.net
Diretor executivo de futebol durante a apresentação de reforços Imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net

José Eduardo Martins e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

27/06/2017 18h43

Com apenas 11 pontos conquistados em dez partidas, o São Paulo não desagrada apenas os torcedores neste início de Campeonato Brasileiro. Em reunião do Conselho Deliberativo realizada na segunda-feira (27), o diretor executivo de futebol, Vinícius Pinotti, queixou-se de jogadores descompromissados no elenco tricolor.

De acordo com o relato de oito conselheiros ouvidos pela reportagem, o dirigente citou o caso do zagueiro Maicon como exemplo. Como mostrou o UOL Esporte nesta terça, na coluna De Primeira, o zagueiro apresentou-se acima do peso no início desta temporada e estava desagradando pelo comportamento antes de ser negociado com o Galatasaray, da Turquia, por 7 milhões de euros (R$ 25,9 milhões), com a possibilidade de o São Paulo receber mais 1 milhão de euros (R$ 3,7 milhões) de bônus por produtividade. No bate-papo com os conselheiros, Pinotti acrescentou que ainda há integrantes do elenco que não estão mostrando compromisso com o clube.

Ainda de acordo com o dirigente, é possível que mais jogadores sejam negociados nessa janela de transferência, sendo a intenção contar com quem esteja 100% dedicado ao clube, como seriam os casos de Lucas Pratto, Rodrigo Caio e Jucilei. Na reunião, o clima era de união entre os conselheiros. Mesmo os integrantes da oposição se mostraram dispostos a colaborar com Pinotti e enalteceram a postura e o empenho do dirigente.

De acordo com pessoas próximas ao diretor, parte da insatisfação de Pinotti é com Cueva e Cícero. Na reunião, o diretor apenas citou o meia peruano por conta da queda de rendimento após a lesão sofrida em partida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, entre Peru e Uruguai, no dia 28 de março - ele não teria recuperado totalmente a sua condição física desde então. Entre os conselheiros, a reclamação também é de que o jogador não apresenta boa forma física e que estaria 3 kg acima do peso ideal.

Outro lado

Procurado pela reportagem, Pinotti confirmou que não quer contar com jogadores descompromissados com o São Paulo, mas disse não ter citado o nome de integrantes do atual elenco durante a conversa com os conselheiros. Para pessoas próximas, o meia Cícero reconheceu que ele e a equipe poderiam ter rendido mais neste início de Campeonato Brasileiro. Porém, ressalta que ele estava em campo em dez dos 11 pontos conquistados pelo time no nacional.

Futebol