PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após ostracismo e desabafo, Ceará discute rescisão de contrato com o Inter

Lateral Ceará deve rescindir contrato com o Internacional nesta quinta-feira - Ricardo Duarte/Inter
Lateral Ceará deve rescindir contrato com o Internacional nesta quinta-feira Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/06/2017 17h51

Internacional e Ceará discutem rescisão de contrato. Depois de ser titular durante 45 minutos contra o Paraná e reclamar da forma que foi tratado, o jogador decidirá nesta quinta-feira o futuro. Deve romper ligação com o clube.

Ceará estava sem atuar desde as primeiras partidas do ano. Se lesionou, voltou, mas não recebeu novas chances. Viu, de fora, até mesmo jogadores serem improvisados em seu lugar. E foi chamado às pressas para o time na última terça.

Segundo ele relatou em tom de desabafo, ficou sabendo que jogaria contra o Paraná apenas na segunda refeição de terça-feira, poucas horas antes de entrar em campo. Jogou os primeiros 45 minutos muito abaixo do que pode render, mas justificou isso pela falta de ritmo de jogo. Queria seguir no jogo e foi substituído. Ficou ainda mais irritado.

"Quando se fica tanto tempo sem jogar (Ceará atuou apenas nos dois primeiros jogos da temporada até agora) se precisa de tempo para ganhar ritmo. Os primeiros 45 minutos são para ganhar este ritmo, entrar no jogo. Fui surpreendido com a substituição. Então, obviamente que individualmente eu fui bem abaixo do que poderia render. É uma opção, não sei... O Guto não me disse porque. Deve ter sido pela má atuação. Ele deve ter as razões dele", reclamou.

Cerá não gostou do tempo que ficou sem jogar. Depois desse período de 'exclusão', não ter nem uma partida completa para mostrar trabalho apenas piorou o ambiente.

A reportagem do UOL Esporte apurou que uma reunião nesta quinta pode selar o acordo para saída do jogador do elenco.

Contratado no meio do ano passado, o jogador teria mais um ano inteiro pela frente no clube. Com 37 de idade, o campeão da Libertadores e do Mundo pelo Colorado somou 16 partidas no ano passado, apenas três neste ano, e deve encerrar sua segunda passagem no  clube gaúcho.

Futebol