PUBLICIDADE
Topo

Futebol

São Paulo envia proposta de renovação para Lugano e aguarda resposta

Lugano vai definir se permanece no São Paulo - Daniel Vorley/Agif/Estadão Conteúdo
Lugano vai definir se permanece no São Paulo Imagem: Daniel Vorley/Agif/Estadão Conteúdo

José Eduardo Martins e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

19/06/2017 23h29

A novela da renovação de contrato de Lugano com o São Paulo ganhou mais um capítulo. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube fez uma proposta nesta segunda-feira para o zagueiro uruguaio ampliar o seu vínculo com o Tricolor até o fim deste ano - o jogador tem acordo somente até o dia 30 deste mês. O veterano, de 36 anos, vai avaliar a oferta com o seu estafe.

A proposta tem semelhanças com o último contrato assinado por Rogério Ceni como jogador, e 2015. Na época, o goleiro teve direito a receber uma parte da bilheteria em sua festa de despedida. No caso de Lugano, a ideia é repetir a estratégia com uma partida festiva e cerca de 40% da renda para o atleta - o restante ficará para o clube.

A definição para a permanência do campeão mundial de 2005 no elenco se arrastou nas últimas semanas. O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, mostrou dúvidas na hora de acertar o acordo. O jogador é considerado caro, recebe cerca de R$ 270 mil por mês, e pouco utilizado por Rogério Ceni (entrou em campo apenas em oito jogos no ano). Além disso, alguns reclamam da postura do zagueiro longe dos gramados, por ser um líder e reivindicar o direitos de funcionários e jogadores.

Porém, torcedores e outra parte da diretoria sempre apoiaram a ideia de manter o defensor no time. Na última semana, jogadores chegaram até a gravar um vídeo pedindo a renovação do contrato. E após Rogério Ceni se colocar publicamente favorável ao uruguaio, Leco também se mostrou mais propenso a fazer a oferta.   

Por outro lado, o jogador ficou chateado com a forma como a situação foi conduzida e, nos últimos dias, o seu estafe recebeu sondagens de clubes da América do Sul, México e Ásia. Mas Lugano não quis abrir conversa enquanto não tivesse uma resposta do São Paulo.

Futebol